Crataegus monogyna (PILRITEIRO)

CRATAEGUS MONOGYNA

Nomes populares

Espinha-branca, espinheiro-alvar, espinheiro-branco, pilriteiro, pirliteiro, pilruto (fruto), hawthorn, whitetorn (inglês)

Sinônimos botânicos

Crataegus laevigata

Família

Rosaceae

Partes usadas

Folhas, flores, ramos e talos.

Usos tradicionais

Angina, arteriosclerose, celulite, diarreia, doenças do coração, espasmos, hipertensão, menopausa, obesidade, palpitações.

Propriedades medicinais da Crataegus monogyna

Adstringente (constringem tecidos e fecham poros na pele; causa constrição de mucosas na boca; contrai vasos capilares)
Antiespasmódico (inibe a motilidade da musculatura visceral, prevenindo a ocorrência de espasmos no estômago, intestino, útero ou bexiga)
Cardiotônico (aumenta a força de contração do miocárdio. A restauração do trabalho cardíaco promove a redução da taquicardia e a melhora da estase venosa)
Diurético (atua no rim, aumentando o volume e o grau do fluxo urinário)
Hipotensor (causa a queda da tensão arterial)
Rejuvenescedor (restaura o vigor e aparência, retardando o processo de envelhecimento)
Sedativo acalma ou faz cessar dor, ansiedade; substância calmante, tranquilizante)
Vasodilatador (aumenta o diâmetro dos vasos sanguíneos, alongando suas fibras musculares)Preparações

Chá.

Contraindicações e efeitos colaterais

O uso é contraindicado por mulheres grávidas, vez que a planta pode intensificar o movimento uterino e aumentar o risco de sangramentos uterinos. O uso também não é indicado para pessoas que possuem problemas estomacais, como azia, esofagia ou gastrite. Pacientes com pressão baixa e indivíduos que possuem cardiopatias só devem usar sob recomendação e supervisão médicas. Em pessoas sensíveis, a Crataegus monogyna pode causar dispneia, dores de cabeça, fogacho, problemas gástricos, taquicardia, tonturas e vertigens. Quando usado em excesso, pode causar braquicardia, depressão respiratória e necrose hepática. O uso do pilriteiro deve ser evitado em pessoas com queimação ou que possuam deficiência da bexiga ou estômago.

Fitoquímicos

A Crataegus monogyna é composto de ácido cratególico, ácidos fenólicos, amina, cálcio, cobre, ferro, flavina, fósforo, potássio, proantocianidina, purina, saponina, sódio, vitaminas (A, C, complexo B, E e F), vitexina, zinco, dentre outros nutrientes e substâncias químicas.

Curiosidades

– O uso do pilriteiro para o tratamento de insuficiência cardíaca é comprovado cientificamente. Outros usos medicinais populares incluem alivio e diminuição dos sintomas da febre e propriedades capazes de combater o envelhecimento precoce das células.

Saiba mais

Pilriteiro: benefícios e propriedades medicinais

Referências:
Herbs. ZP.
Hawthorn Benefits and Uses for Heart Diseases and Other Aliments. Herbal Resources.
C. monogyna (hawthorn). Cookies on Invasive Species Compendium.
Whitetorn. Plantas for a Future.

Comentários

Comentar