Piper methysticum (KAVA KAVA)

PIPER METHYSTICUM

Nomes populares

kava kava, kava, kawa-kawa, kawa awa, cava-cava, cavacava, waka, wati , yogona.

Família

Piperaceae

Partes usadas

Raízes, folhas, folhas, frutos e óleo essencial.

Usos tradicionais

Ansiedade, asma, bronquites, cãibras, depressão, dismenorreia, dor de dente, dores comuns, feridas, gota, inabilidade urinária, incontinência urinária, infecções urinárias, insônia, neuralgia, neuralgia facial, reumatismo.

Propriedades medicinais da Piper methysticum

Analgésico (diminui ou suprime a dor)
Anestésico (diminui ou elimina a sensibilidade)
Ansiolítico (usado para diminuir a ansiedade e a tensão)
Anticonvulsivo (previne ou combate as convulsões)
Antidepressivo (trata transtornos depressivos e diversas outras doenças e distúrbios)
Antiespasmódico (inibe a motilidade da musculatura visceral, prevenindo a ocorrência de espasmos no estômago, intestino, útero ou bexiga)
Antifúngico (previne e trata micoses)
Antimicóticas (age inibindo a formação de fungos e bactérias em uma determinada região da pele que está sofrendo com a proliferação desses agentes nocivos)
Antimicrobiano (destrói ou impede o desenvolvimento de micróbios)
Antisséptico (impede a contaminação e combate a infecção; inibe a proliferação de microrganismos presentes na superfície da pele e mucosa)
Diaforético (induz a transpiração profunda; sudorífero)
Diurético (atua no rim, aumentando o volume e o grau do fluxo urinário)
Nervino Calmante (age como um calmante para os nervos)
Relaxante (reduz a aflorar, suavizar ou mitigar tensões)
Sedativo acalma ou faz cessar dor, ansiedade; substância calmante, tranquilizante)

Preparações

Chá, compressas, extrato, pó.

Contraindicações e efeitos colaterais

Quando consumida em quantidades acima do recomendado, a kava kava pode causar uma série de efeitos colaterais. O uso prolongado ou de grandes quantidades pode gerar outros efeitos colaterais como cansaço, insuficiência hepática, adinamia, espasmos musculares, distonia e movimentos musculares involuntários. Em alguns casos, pode causar o mau funcionamento do fígado causando uma condição conhecida como icterícia, que faz com que as unhas e pele do paciente fiquem de cor amarelada. Gestantes, lactantes, portadores do Mal de Parkinson, menores de 12 anos de idade e indivíduos que façam tratamentos para doenças hepáticas ou que usem antidepressivos devem evitar o consumo de kava kava.

Curiosidades

– Originária da Polinésia (ilha ao Sul do Oceano Pacífico), pode atingir até 10 metros e possui folhas em formato de coração. Segundo registros históricos, o seu uso dentro da medicina data pelo menos três milênios.

– Nativos das ilhas polinésias usavam a Piper methysticum para preparar bebidas especiais que eram consumidas em datas como casamentos, funerais e nascimentos. As raízes e folhas eram mascadas até que uma massa firme se formasse na boca. Em seguida, a mistura era cuspida em uma vasilha e outros ingredientes como água, leite de coco e sucos de frutas eram acrescentados. O kava também era muito usada em diversos rituais e cerimonias religiosas, pois, graças as suas substâncias relaxantes ela causava uma espécie de transe entre os envolvidos.

Saiba mais

Kava kava: benefícios e propriedades medicinais
Kava kava para combater os vícios de cigarro

Referências:
Imagem: Forest & Kim Starr.
Barbosa, Diomara Resende, L. Lenardon, and Anette Kelsei Partata. “Kava-kava (Piper methysticum): uma revisão geral.” Rev. Cien. ITPAC 6.3 (2013): 1-19.
The German Commission E. Bundesinstitut für Arzneimittel und Medizinprodukte.
Herbs. ZP.

Comentários

Comentar