Piper umbellatum (CAPEBA; PARIPAROBA)

PIPER UMBELLATUM

Nomes populares

caapeba, caena, capeba, capeba-do-campo, capeba-do-norte, catajé, malvarisco, manjerioba, pariparoba, pariparoba-do-mato, pariparova, periparoba.

Sinônimos botânicos

Heckeria umbellata, Lepianthes umbellata, Lepianthes umbellata, Peperidia umbellata, Peperomia umbellata, Piper cuernavacanum, Piper postelsianum Maxim. Piper subpeltatum, Pothomorphe dombeyana,
Pothomorphe subpeltata, Pothomorphe umbellata.

Família

Piperaceae

Partes usadas

Cascas, folhas, raízes e sementes.

Usos tradicionais

Abcessos, anemia, azia, distúrbios renais, erisipela, febre, feridas, furúnculos, gripes, hemorroidas, gonorreia, hepatite, malária, prisão de ventre, problemas digestivos, resfriados, reumatismo, tumores, vermes intestinais.

Propriedades medicinais da Piper umbellatum

Antianêmico (atua contra a anemia)
Antiespasmódico (inibe a motilidade da musculatura visceral, prevenindo a ocorrência de espasmos no estômago, intestino, útero ou bexiga)
Antifúngico (previne e trata micoses)
Anti-inflamatório (combate a inflamação nos tecidos)
Antipirético (previne ou reduz a febre, reduzindo a temperatura corporal; febrífugo)
Antirreumático (previne ou trata o reumatismo, doença caracterizada por dor articular ou por outras alterações dos músculos e ossos)
Colagogo (contrai a vesícula biliar e estimula a evacuação da bílis para o intestino, facilitando a digestão de alimentos gordurosos)
Diaforético (induz a transpiração profunda; sudorífero)
Digestivo (ajuda ou promove a digestão dos alimentos)
Diurético (atua no rim, aumentando o volume e o grau do fluxo urinário)
Emoliente (hidrata a pele e restaura a oleosidade perdida devido ao ressecamento. Usado em cremes hidratantes)
Laxativo (trata a constipação intestinal e a prisão de ventre)
Tônico Estomacal (favorece a digestão e pode até estimular o apetite em alguns casos)
Vermífugo (provoca a expulsão dos vermes que parasitam o intestino)

Preparações

Chá, óleo essencial, pasta medicinal.

Contraindicações e efeitos colaterais

A dose máxima diária de capeba que um adulto pode ingerir é de 5 gramas. O consumo em excesso pode causar uma série de efeitos colaterais, incluindo aumento da diurese, cólicas, diarreia, dores de cabeça, dores nas regiões hepato-vesicular, lombar e vesical; erupções na pele, náuseas, tremores e vômitos. Em casos de mal-estar por superdosagem, é indicado realizar um esvaziamento gástrico por meio de uma lavagem usando soro fisiológico. Tal procedimento deve ser feito por um profissional de saúde competente.

Fitoquímicos

A pariparoba é composta de chavicina, compostos fenólicos, esteroides, jamborandina, mucilagens, óleo essencial, pariparobina, piperatina, piperina, dentre outras substâncias químicas.

Curiosidades

– A pariparoba é rica em propriedades medicinais, incluindo ação antianêmica, antiespasmódica, anti-inflamatória e antirreumática, contudo, sua atuação para regularizar o funcionamento do sistema digestivo é a mais popular medicinalmente. O carquejol, substância na composição da capeba, estimula a produção da bile, que por sua vez, ajuda a proteger as membranas celulares. Além disso, o seu gosto amargo estimula as papilas gustativas da língua, fazendo com que o suco gástrico seja produzido de maneira mais eficaz, facilitando a digestão.

Saiba mais

Pariparoba: benefícios e propriedades medicinais

Referências:
Rodrigues, E. R., Nogueira, N. G. P., Zocolo, G. J., Leite, F. S., Januario, A. H., Fusco-Almeida, A. M., … & Pietro, R. C. L. R. (2012). Pothomorphe umbellata: antifungal activity against strains of Trichophyton rubrum. Journal de Mycologie Médicale/Journal of Medical Mycology, 22(3), 265-269.
Roersch, C. M. (2010). Piper umbellatum L.: A comparative cross-cultural analysis of its medicinal uses and an ethnopharmacological evaluation. Journal of ethnopharmacology, 131(3), 522-537.
Piper umbellatum. Capeba.

Comentários

Comentar