Visco-branco: benefícios, usos, efeitos e propriedades medicinais

O visco-branco (Viscum albummistletoe (inglês), dentre outros nomes populares. Trata-se de uma trepadeira semi-parasita que se alimenta da seiva de árvores caducifólias, que concentram mais água e nutrientes na sua seiva. Apesar disso, não causa muitos danos para a árvore hospedeira. Pertence à família Viscaceae.

Benefícios e propriedades medicinais do visco-branco

O visco-branco possui ação antiespasmódica, antitumor, cardiotônica, diurética, emenagoga, hipotensa, imunoestimulante, nervino, sedativa e vasodilatadora. Como um sedativo natural, o visco auxilia em casos de ansiedade, estresse, insônia e nervosismo. O extrato de visco, conhecido como Iscador, estimula o sistema imune, vez que aumenta a produção de células T (linfócitos T). Embora o Iscador seja considerado uma terapia complementar para o tratamento do câncer, é o medicamento oncológico mais comum da Alemanha.

O visco-branco melhora a condição da arteriosclerose, vez que regula os batimentos cardíacos e fortalece a parede dos vasos sanguíneos. Age como um tônico para o coração ao prevenir doenças cardíacas e melhorar a circulação sanguínea, sendo indicado para casos de hipertensão, dores de cabeça causada pela pressão sanguínea, zumbidos no ouvido e visão turva. Também é útil no tratamento de convulsões, dores de cabeça, enxaqueca, epilepsia, hipertensão, reumatismo (cataplasma), dentre outras condições de saúde.

O Viscum album é uma planta semi-parasitária que cresce em árvores decíduas nativas da Europa, Ásia e Norte da África. A sua constituição química pode variar de acordo com a planta hospedeira. Pode conter ácido cafeico, alcaloides, acetilcolina, betulina, colina, fenilpropenos, flavonoides, glicoproteínas, lignanas, histamina, polipeptídeos (viscotoxina), polissacarídeos, saponinas triterpênicas e vitamina C, dentre outras substâncias químicas. Também possui quantidades de cádmio, cálcio, cobalto, cobre, iodina (vitamina B12), magnésio e potássio.

Chá de visco-branco

O chá é simples de ser preparado e deve ser consumido na temperatura ambiente.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de visco
  • ¼ de litro de água filtrada

Modo de preparo

  • Faça a maceração do visco com a água e deixe descansar.
  • Após 24 horas aqueça o chá de forma bem rápida (não precisa ferver).
  • Passe o chá pelo coador.

Chá de Crajiru (Pariri) - Ervas Selecionadas

As folhas e ramos de crajiru são utilizadas na preparação de um chá medicinal que pode ser benéfico na prevenção e tratamento de vários tipos de câncer e tumores. Também é rico em propriedades anti-hipertensivas, cicatrizantes (útil para a cicatrização de úlceras gástricas), afecções de pele (incluindo psoríase), dentre outras ações curativas. Não possui contraindicações. Produto exclusivo.

Crajiru (Pariri) Crajiru (Pariri) O chá de pariri é um poderoso chá para o tratamento do câncer.

Contraindicações e efeitos colaterais do visco-branco

O uso é contraindicado durante a gravidez, fase de amamentação e por crianças. Os frutos são venenosos e só devem ser utilizados em quantidades mínimas. O consumo em excesso pode causar intoxicação e comprometer o funcionamento dos sistemas cardíaco e respiratório. Pode interagir com medicamentos antidepressivos e cardiotônicos.

História e curiosidades

O nome de gênero, Viscum, recorre à viscosidade da planta devido ao suco viscoso nos frutos, característica essencial para que o vegetal consiga se aderir à outras arvores. O nome da espécie, album, significa branco, em referência aos frutos brancos. Os druidas consideravam o Viscum album sagrado e celebravam o começo do inverno o pendurando os ramos em suas casas. É referenciado como sendo o legendário ramo dourado que salvou Enéas do mundo dos criminosos no poema Eneida, de Virgílio.

Há uma tradição pagã de se beijar debaixo da trepadeira durante o Natal para as pessoas pudessem se lembrar do amor em vez de ódio. Um fruto deveria ser removido dos ramos a cada beijo. Dizia-se que durante conflitos e guerras, quando os inimigos se encontrassem no campo de batalha debaixo dos ramos, deveriam abaixar suas armas e esquecerem de suas diferenças durante um dia.

O Viscum album é nativo da Ásia e Europa. Suas folhas são grossas e possuem textura semelhante ao couro, de cor verde amarelada. As bagas são brancas e a polpa é pegajosa. A reprodução é curiosa, vez que as sementes são disseminadas por pássaros quando limpam o bico com o conteúdo das bagas ou através das suas fezes.

ALGA MARINHA RICA EM PROPRIEDADES Fucus em Cápsulas 500mg
ESTIMULANTE SEXUAL MASCULINO PREMIUM Libiforce Man 800mg
ANTIOXIDANTE / FORTALECE O SISTEMA IMUNE Dente de Leão em Cápsulas
CÁLCIO, MAGNÉSIO, VITAMINA D E ZINCO ZMA 3D
PODEROSO CHÁ PARA O TRATAMENTO DO CÂNCER Crajiru (Pariri) Chá15g
Referências:
The Clinician’s Handbook of Natural Healing.
Mysterious Mistletoe. Mistletoe Loranthaceae. Kat Morgenstern. Cancer Plants.
Grossarth-Maticek, R., Kiene, H., Baumgartner, S. M., & Ziegler, R. (2001). Use of Iscador, an extract of European mistletoe (Viscum album), in cancer treatment: prospective nonrandomized and randomized matched-pair studies nested within a cohort study. Alternative Therapies in Health and Medicine, 7(3), 57.
American mistletoe, Australian mistletoe, bird’s lime, birdlime mistletoe, devil’s fuge, European mistletoe, golden bough. Herbe de qui, Iscador, Lignum crusis, Mistlekraut, Mistelsenker, Mistletein. Vischio, Visci, Viscum album coloratum (Korean mistletoe). Sigma Aldrich.



  • Comentários

    Comentar