Tanchagem-de-água (alisma): benefícios e propriedades medicinais

A tanchagem-de-água (Alisma plantago-aquatica) é uma planta medicinal também conhecida como alisma, alface-dos-arrozais, colhereira, colhereiro, coresia, erva-alface, erva-couveira, orelha-de-mula, pão-de-rã, tanchagem-aquática, dentre outros nomes populares. Pertence à família Alismataceae.

Benefícios e propriedades medicinais da alisma

A Alisma plantago-aquatica é uma planta perene com flor espontânea sendo encontrada na maior parte no Hemisfério Norte, como na Europa, Ásia e América do Norte, aparecendo frequentemente em locais mais úmidos, encharcados e protegidos em margens de cursos de água, arrozais e pântanos. É usada na medicina popular para ajudar a melhorar as funções renais e regularizar a urina, contendo os excessos e as retenções exageradas. Além disso, é rica em substâncias como lecitina e potássio. O bulbo pode ser cozinhado como um legume e consumido.

Os usos tradicionais da tanchagem incluem condições de saúde como alergias, câncer, diarreia, disenteria, edemas, epilepsia, hipertensão, impotência sexual (disfunção erétil), infertilidade feminina, infertilidade masculina, pedras no rim, vertigem. Herbalistas chineses afirmam que o alisma é bom para inibir o apetite e prolongar a vida. Segundo eles, a planta deixa o corpo mais leve, fazendo com que a pessoa consiga caminhar sobre a água (recorrendo ao estado espiritual).

Contraindicações e efeitos colaterais da alisma

Usada com moderação, não apresenta efeitos colaterais conhecidos.

História e curiosidades

A alisma é uma planta aquática perene, podendo ser encontrada emersa ou submersa, juntamente com rizoma tuberculoso que normalmente chega a medir até 80cm. Quando se encontra parcialmente submersa, suas gemas geralmente se encontram debaixo da água. Já as folhas adultas são na sua maioria emersas normalmente aéreas e ovadas, além de possuírem limbo cordiforme e truncadas na base.

Em relação a cor das folhas, elas geralmente variam entre verde claro e verde escuro, onde a inflorescência chega até mesmo a atingir quase um metro de altura, sendo ainda uma panícula grande, ampla, ereta e com flores verticiladas com distâncias de 20 cm, podendo ser encontradas dispostas em longos pedicelos.

As folhas de cor púrpura e as suas pequenas flores de cor branca podem ser encontradas ou não submergidas, onde as flores que crescem embaixo da água são conhecidas como cleistogâmicas, ou seja, permanecem sempre fechadas e se auto polinizam. Contudo, quando as flores crescem por cima da água, sempre se encontram abertas. O fruto pode ser encontrado como um pequeno anel contendo pequenas nozes.

Referências:
Alisma Linnaeus, Sp. Pl. 1: 343. 1753; Gen. Pl. ed. 5; 160, 1754. Flora of North America.
Matthews, David J., Bridget M. Moran, and Marinus L. Otte. “Screening the wetland plant species Alisma plantago-aquatica, Carex rostrata and Phalaris arundinacea for innate tolerance to zinc and comparison with Eriophorum angustifolium and Festuca rubra Merlin.” Environmental Pollution 134.2 (2005): 343-351.

Comentários

Comentar