Zimbro: benefícios, efeitos, propriedades medicinais e aromáticas

O zimbro (Juniperus communis) é uma planta medicinal também conhecida como fruto-da-Genebra, genebreiro, gin-de-Genebra, junípero-azul, junípero-comum, junipo, zimbrão, common juniper (inglês), dentre outros nomes populares. Pertence à família Cupressaceae.

Benefícios e propriedades medicinais do zimbro

Os frutos maduros e o óleo essencial do zimbro são utilizados medicinalmente. Auxilia no tratamento de distúrbios digestivos, incluindo acidez estomacal, infecções e inflamações intestinais, além de ser útil para problemas nos rins e na bexiga. Estimula o fluxo urinário e aumenta a taxa de filtragem no glomérulo renal, a unidade funcional dos rins, composta por um ramalhete de capilares circundados por uma membrana denominada cápsula de Bowman, por meio da qual o sangue é filtrado e os resíduos metabólicos são eliminados.

Pode ainda ser útil para pacientes com gota, vez que diminui os níveis de ácido úrico no organismo. Combate infecções bronco pulmonares, podendo ser borrifado no ambiente ou inalado para agir. No caso de fumantes, ingerir de 5 a 7 frutos por dia ajuda a eliminar resíduos de piche e nicotina dos pulmões. Alivia dores musculares, reumáticas e artrose. Combate edemas, inflamações musculares, na garganta e intestino. Pode beneficiar pacientes com depressão, hiperatividade e nervosismo, dentre outras condições de saúde.

As folhas e galhos possuem um odor característico que possibilita que o zimbro possa ser usado como um repelente, podendo também ser um shampoo anticaspa capaz de prevenir e tratar a calvície. As suas propriedades antissépticas são eficazes contra acnes, celulite e irritações na pele. A pomada é usada para acnes e psoríase. Quando esfregada no tórax, aliviar a congestão. A erva de banho é indicada para celulite, leucorreia, músculos doloridos e reumatismo. Na culinária, é utilizado em patês e temperos. O Juniperus communis é composto de flavonoides, glicosídeos, óleo essencial (canfeno, cineol, mirceno, pineno, terpineno), podofilotoxina, sesquiterpenos (cadineno, elemeno) taninos e vitamina C.

Chartreuse, Gin e Steinhäger

Steinhäger
Steinhäger

O Steinhäger é uma bebida destilada aromatizada com zimbro. Surgiu no século XV, na região de Vestfália, localizada na atual Alemanha. Durante a produção, as frutas de são esmagadas junto com grãos de trigo e, após fermentada, a pasta é destilada em alambiques. A bebida não deve sofrer adição de nenhum produto químico na mistura trigo e zimbro. O fruto do zimbro é um dos principais ingredientes da bebida destilada gim, popular em vários países do mundo. Também é umas das 130 ervas que estão na fórmula original do Chartreuse, licor francês produzido desde 1737 pelos Monges da Ordem de São Bruno. Os frutos assados são substitutos do café.

Chá de zimbro

O zimbro em pó pode ser encontrado em casas de ervas e dele é preparado um chá medicinal que deve ser consumido durante sob recomendação médica.

Ingredientes

  • Duas colheres de chá de zimbro em pó.
  • Meio litro de água.

Modo de preparo

  • Misture todos os ingredientes e deixe ferver por cerca de cinco minutos.
  • Após este tempo tampe o recipiente e aguarde até o chá esfriar.
  • Quando atingir uma temperatura morna, o chá já está pronto para o consumo.

Contraindicações e efeitos colaterais do zimbro

O uso é totalmente contraindicado durante a gravidez, vez que pode ser abortivo. Quando utilizado em períodos contínuos superiores a seis semanas, pode causar irritação nos rins. Não deve ser usado em casos de hemorragia menstrual pesada ou infecção renal aguda.

História e curiosidades

Os frutos do zimbro levam cerca de três anos para amadurecerem completamente e ficarem azuis. O chá já foi utilizado para desinfetar instrumentos de cirurgiões. Durante a Pestilência Bubônica, algumas pessoas mantinham frutos na boca para produzir uma aura antisséptica e prevenir a infecção. Americanos nativos usavam o fruto do junípero como um agente anticoncepcional. O óleo essencial é usado pela aromaterapia e também como ativo na indústria de perfumes. O incenso é queimado em templos e casas de banho para fins de purificação.

O Juniperus communis é comum na Europa, sobretudo em regiões mais frias como Noruega e Rússia. Trata-se de um arbusto que pode alcançar até 3 metros de altura. Suas folhas são perenes, pontiagudas, possuem coloração verde e são bem firmes. Os frutos são pequenos e do tamanho de uma cereja, possuem a cor verde e em 18 meses amadurecem adquirindo o tom púrpura recoberto por uma cera azul.

Referências:
USDA: Juniperus communis
Jepson Manual Treatment – Juniperus communis.
Pepeljnjak, S., Kosalec, I., Kalodera, Z., & Blazevic, N. I. K. O. L. A. (2005). Antimicrobial activity of juniper berry essential oil (Juniperus communis L., Cupressaceae). ACTA PHARMACEUTICA-ZAGREB-, 55(4), 417.
Kamboj, V. P. (2000). Herbal medicine. Current science, 78(1), 35-39.

Comentários

Comentar