Pervinca (vinca-menor): benefícios, efeitos e propriedades medicinais

A pervinca (Vinca spp) é uma planta medicinal também conhecida como congonha, congossa, vinca-menor (Vinca minor), vinca-maior (Vinca major), periwinkle (inglês), dentre outros nomes populares. A espécie Catharanthus roseus (Vinca rosea) é uma pequena flor nativa da ilha de Madagáscar, sendo também conhecida como beijo-de-mulata, boa-noite, maria-sem-vergonha, vinca-de-gato e vinca-de-Madagáscar. Pertence à família Apocynaceae.

Benefícios e propriedades medicinais da vinca

A vinca age como analgésico, cicatrizante, colagogo, depurativo, digestivo, diurético, estimulante cerebral, hipotensivo, laxativo, vermífugo, além de possuir efeitos sedativos e tônicos. A vincamina, alcaloide presente em sua composição, melhora o fluxo de sangue cerebral, agindo como um estimulante cerebral, tônico para a memória e vasodilatador. Desta forma, sempre foi muito usada para o controle de problemas que acometiam o cérebro. Atualmente, outras ervas medicinais com efeitos colaterais mais leves são usadas para esta finalidade.

O chá da vinca é capaz de dilatar os vasos sanguíneos coronários e periféricos. O alcaloide vincamina, é administrado para tratar arteriosclerose (processo de endurecimento, perda de elasticidade e espessamento progressivo das paredes das artérias). Também é eficaz no tratamento de hemorragias nasais, hemorragias internas e menstruação em excesso. A vinca-de-Madagáscar contém vimblastina e vincristina, substâncias que possuem atividade antitumor e são usadas na medicina alternativa para o tratamento de tumores cancerosos, Doença de Hodgkin e leucemia infantil. O alcaloide bisindólico das folhas, quando extraído e purificado, é utilizada no tratamento complementar de diabetes e vários tipos de câncer.

No caso de afecções na boca, como dor de garganta, gengivite e úlceras, é usada como enxaguante bucal. Para auxiliar na cicatrização de feridas (possível graças as propriedades adstringentes), são usadas as suas folhas esmagadas. A raiz possui propriedades antiespasmódicas e hipotensivas, sendo usada para regularizar a pressão arterial. A vinca também pode ser utilizada para problemas no trato urinário. As folhas colocadas no nariz ajudam a estancar hemorragia nasal. Compressas ou untas são utilizadas em feridas e hemorroidas. Ducha para infecção vaginal. Lavagem para tratar dermatite e eczema. Dentre as substâncias que fazem parte da composição se destacam os alcaloides (como a vincamina, vimblastina, vindesina e vincristina), taninos, fitosterol, sais minerais e vitamina C.

Libiforce Libiforce Man Estimulante sexual masculino sem contraindicações. Fórmula exclusiva.
Antirreumaticos Antirreumáticos Suplementos naturais para aliviar dores articulares, artrite, artrose, gota e reumatismo.
Crajiru (Pariri) Crajiru (Pariri) O chá de pariri é um poderoso chá para o tratamento do câncer.
Anti-Inflamatórios Naturais Anti-Inflamatórios Naturais Suplementos eficazes para aliviar e curar inflamações nos tecidos.
Chás Chás Medicinais Chás 100% naturais e orgânicos para diversos objetivos.

Chá de vinca

O chá de vinca, ao ser consumido no máximo três xícaras durante o dia, pode proporcionar inúmeros benefícios para à saúde.

Ingredientes

  • 1 colher de vinca seca.
  • 200 ml de água.

Modo de preparo

  • Coloque a água em uma panela e leve ao fogo.
  • Quando a água entrar, desligue o fogo.
  • Coloque a vinca seca na água.
  • Deixe esta mistura descansar por 15 minutos.
  • Coe a mistura e o chá estará pronto.

Contraindicações e efeitos colaterais da vinca

Não há estudos que confirmem a sua ação sobre gestantes e lactantes, desta forma, o uso é contraindicado para mulheres nestas condições. O uso em excesso pode apresentar risco de toxicidade para o fígado e os rins, por isso o seu uso deve ser regulado através de orientações médicas. O uso por longos períodos pode ter atividade neurotóxica. A seiva da Catharanthus roseus é extremamente tóxica e não deve ser consumida.

História e curiosidades

O nome de gênero, Vinca, é derivado do latim vincere, que significa “superar”, graças a habilidade medicinal que a planta possui de superar doença. Já foi chamada de violeta-de-feiticeiro, vez que era usada para fazer filtros amorosos e proporcionar proteção contra o mal. Em Madagáscar, a espécie Catharanthus roseus se encontra em processo de extinção devido a queima de seu habitat natural para a expansão da agricultura.

A Vinca minor é nativa da Europa, sendo facilmente encontrada desde a Espanha até a região do Cáucaso. Devido a facilidade de adaptação, pode ser facilmente encontrada no mundo todo. Se desenvolve em ambientes tropicais, locais quentes e úmidos. Trata-se de um arbusto perene que pode alcançar 60 centímetros de altura, possui ramos não florescentes prostrados e ramos florescentes eretos. As folhas são de formato ovalado e possuem as margens ciliadas. As flores possuem a coloração lilás são pediculadas e tubulares, apresentando ao todo 5 pétalas não regulares. Seu fruto é um folículo que possui no máximo 3 sementes.

SHAMPOO CONCENTRADO DE BABOSA Shampoo de Aloe vera 300ml
AGONIADA, IPÊ-ROXO E SANGRA D'ÁGUA Barbatimão Composto
PRISÃO DE VENTRE / ESTIMULAR GASES Composto Laxante 500mg
MACA-PERUANA COM ÓLEO DE CÁRTAMO Maca Peruana Prime 1000mg
ATUA EM MAIS DE 50 CONDIÇÕES DE SAÚDE Óleo de Copaíba em Cápsulas
Referências:
Lesser Periwinkle, Flower of Death, English Holly, Creeping Myrtle, Creeping Vinca, Common Periwink. Plants for a Future.
Periwinkle, Lesser Periwinkle, Myrtle. Annie’s Remedy.
Raquel Patro. Jardineiro.net.
Mokry, J., Dubravkova, L., & Sefcovic, P. (1962). Alkaloids from Vinca minor L. Vincadine, minovine and vincorine. Experientia, 18, 564.
Scheindlin, S., & Rubin, N. (1955). Isolation of an alkaloid from Vinca minor. Journal of the American Pharmaceutical Association (Scientific ed.), 44(6), 330-332.

Comentários

Comentar