Filipendula ulmaria (FILIPÊNDULA; RAINHA-DO-PRADO)

FILIPENDULA ULMARIA

Nomes populares

Barba-de-bode, erva-das-abelhas, filipêndula, grinalda-de-noiva, olmeira, orgulho-de-prado, rainha-do-prado, ulmária, ulmeira, ulméria,

ulmaire (francês), meadowsweet (inglês), ulmaria (espanhol).

Família

Rosaceae

Partes usadas

Toda a erva.

Usos tradicionais

Acidez em excesso, arteriosclerose, artrite, azia, celulite, cervicite, cistite, diarreia, dispepsia, dor de cabeça, dores comuns, edema, edema pulmonar, epilepsia, febre, gastrite, gota, gripe, infecções urinárias, insônia, náuseas, prostatite, resfriados, reumatismo, úlceras, vaginite.

Propriedades medicinais da Filipendula ulmaria

Adstringente (constringe e tecidos e fecham poros no pele; causa constrição de mucosas na boca; contrai vasos capilares)
Analgésico (diminui ou suprime a dor)
Antiácido (combate a acidez gástrica)
Antiemético (alivia sintomas relacionados com o enjoo, as náuseas e os vômitos)
Anti-inflamatório (combate a inflamação nos tecidos)
Antipirético (previne ou reduz a febre, reduzindo a temperatura corporal; febrífugo)
Antirreumático (previne ou trata o reumatismo, doença caracterizada por dor articular ou por outras alterações dos músculos e ossos)
Antisséptico (impede a contaminação e combate a infecção; inibe a proliferação de microrganismos presentes na superfície da pele e mucosa)
Diaforético (induz a transpiração profunda; sudorífero)
Diurético (atua no rim, aumentando o volume e o grau do fluxo urinário)
Sedativo acalma ou faz cessar dor, ansiedade; substância calmante, tranquilizante)
Tônico Estomacal (favorece a digestão e pode até estimular o apetite em alguns casos)

Contraindicações e efeitos colaterais

Em alguns casos indivíduos reportaram apertos na área dos pulmões, conhecidos como broncoespasmos. Pode piorar condições asmáticas. Pessoas alérgicas aos medicamentos semelhantes as aspirinas ou pacientes asmáticos não devem ingerir o chá e preparações homeopáticas. Em doses elevadas, pode causar úlceras gástricas. O uso durante a lactação na gravidez precisa ser evitado.

Fitoquímicos

A filipêndula é composta de óleo essencial, hiperosídeo, ácido salicílico, flavonoides, rutina, vanilina, glicosídeo, mucilagem, tanino, cumarinas, vitamina C, dentre outras substâncias químicas.

Curiosidades

– Em 1597, o botânico John Gerard observou e sentiu o cheiro dos prados da região e reportou sobre a filipêndula. Em 1652, o medico inglês Nicholas Culpeper escreveu sobre seus efeitos terapêuticos para os tratamentos estomacais. As suas flores foram usadas para dar sabor as bebidas alcoólicas na grande Inglaterra e países escandinavos. Na Idade Média, foi usada na gustação do hidromel, bebida alcoólica feita pela fermentação do mel e suco de frutas.

Saiba mais

Rainha-do-prado: benefícios e propriedades medicinais

Referências:
Meadowsweet Uses and Benefits as a Medicinal Herb. Herbal Resource.
Meadowsweet. Drugs.com.
Rauha, Jussi-Pekka, et al. “Antimicrobial effects of Finnish plant extracts containing flavonoids and other phenolic compounds.” International journal of food microbiology 56.1 (2000): 3-12.

Comentários

Comentar