Agathosma betulina (BUCHU)

AGATHOSMA BETULINA

Nomes populares

Buchu, bucco, bucku, bookoo e diosma.

Sinônimos botânicos

Agathosma crenulata, Barosma betulina (nomenclatura anterior).

Família

Rutaceae

Usos tradicionais

Cistite, contusões, edema, edema pulmonar, flatulência (gases intestinais), gonorreia, gota, hipertensão, inchaços, incontinência urinária, indigestão, infecções urinárias, inflamação renal, leucorreia, pedras na bexiga, pedras no rim, prostatite, uretrite.

Propriedades medicinais da Agathosma betulina

Anti-inflamatório (combate a inflamação nos tecidos)
Antisséptico (impede a contaminação e combate a infecção; inibe a proliferação de microrganismos presentes na superfície da pele e mucosa)
Aromático (possui odor acentuado e agradável)
Carminativo (atua na redução dos gases intestinais)
Digestivo (ajuda ou promove a digestão dos alimentos)
Diaforético (induz a transpiração profunda; sudorífero)
Diurético (atua no rim, aumentando o volume e o grau do fluxo urinário)
Tônico Renal (estimula os rins a eliminar as toxinas do sangue)
Tônico Uterino (estimula a contração dos músculos do útero, comprime os vasos sanguíneos e reduz o fluxo)

Preparações

Cataplasma, chá, conhaque, infusão, óleo essencial.

Contraindicações e efeitos colaterais

Em grande quantidade, a Agathosma betulina pode causar diarreias. Além disso, não se recomenda o uso na gravidez e durante a fase de amamentação. Pessoas com problemas no estômago e rins também devem evitar a uso, vez que se trata de um diurético natural. A alta dosagem pode gerar o esgotamento do potássio no organismo. Pacientes com inflamações urinárias agudas devem evitar o uso.

Fitoquímicos

Os principais compostos do buchu são: mucilagem, selênio, alfa-pineno, rutina, alfa terpineno, resina, barosma-cânfora, pulegona, ácido ascórbico, hesperidina e canfeno

Curiosidades

– Ainda na África, os Khoikhoi, nativos do sudoeste da África, criaram uma bebida com o buchu conhecida como Brandy Buchu, que por sua vez é fabricada e comercializada até hoje. Sua utilização mais comum é como um conhaque medicinal.

Saiba mais

Buchu: benefícios e propriedades medicinais

Referências:
Lis‐Balchin, M., S. Hart, and E. Simpson. “Buchu (Agathosma betulina and A. crenulata, rutaceae) essential oils: Their pharmacological action on guinea‐pig ileum and antimicrobial activity on microorganisms.” Journal of Pharmacy and Pharmacology 53.4 (2001): 579-582.
Health Benefits and Side Effects. Botanical Name: Agathosma betulina, Barosma betulina.. Other Common Names: Buku, bucco, round buchu, bookoo, bucku.

Comentários

Comentar