Arruda-síria: benefícios e propriedades medicinais

A arruda-síria (Peganum harmala) é uma planta medicinal também conhecida como arruda-africana, arruda-da-África, arruda-da-Síria, arruda-selvagem, harmal, harmala, african rue, syrian rue, wild rue (inglês), dentre outros nomes populares. Pertence à família Zygophyllaceae.

Benefícios e propriedades da arruda-síria

A arruda-síria é muito para casos de doenças nervosas e mentais, dores no estômago, disfunções sexuais, epilepsia, problemas menstruais e distúrbios no trato urinário. Alguns estudos investigam o efeito da harmina, presente na composição da arruda-síria, para o tratamento de doenças mentais, inflamações no cérebro e encefalite. Pequenas doses são capazes de oferecer sensação terapêutica ao cérebro. Devido às suas propriedades narcóticas, a arruda-síria em excesso pode causar euforia e deixar o paciente desinibido.

Os alcaloides da arruda-síria possuem importante potencial antitumoral, que podem ser úteis como uma nova terapia anticancerígena. Em ratos, os resultados obtidos indicaram que os alcaloides da Peganum harmala têm uma alta toxicidade celular in vitro. Um efeito de lise celular (processo de destruição ou dissolução da célula causada pela rotura da membrana plasmática) ocorre após 24 horas e progride para completar a morte celular dentro de 48 a 72 horas, dependendo da concentração de alcaloides. O estudo durou 40 dias e comprovou significativos efeitos antitumorais.

As sementes e raízes da arruda-síria aumentam a atividade do coração, contudo, abaixam a pressão sanguínea. Usada em forma de lavagem para o tratamento de eczema e psoríase. A sua raiz é muito usada para eliminar piolho e como auxiliar no tratamento contra calvície. Como enxaguante de cabelo para caspa. O óleo da arruda é afrodisíaco, galactagogo e possui forte ação vermifuga. Em grande parte da Ásia é considerada mística, sendo muito usada na entrada de casas para evitar mal olhado e vibrações negativas. No Irã, é muito utilizada como incenso para evitar mau olhado. O recomendado é fazer o chá de arruda-síria com as suas sementes em pequenas doses, usando entre 20 a 50 mg. Na quantidade de 100 a 150 mg ela apresenta efeitos tóxicos e acima desta quantidade pode causar alucinações.

Contraindicações e efeitos colaterais da arruda-síria

Mulheres grávidas e lactantes devem evitar o uso, vez que pode ocorrer efeitos adversos. A superdosagem pode causar problemas nas funções renais e hepáticas em algumas pessoas. Caso observe sintomas como náuseas, vômitos, agitação, depressão, distúrbios gastrointestinais ou pressão baixa suspenda o uso imediatamente e consulte um médico.

História e curiosidades

A tintura da semente da Peganum harmala é usada para fazer um tipo de tapete turco. A planta é venenosa para alguns animais, incluindo ovelhas. A arruda-síria é nativa da região leste da Índia, podendo ser encontrada em diversos países asiáticos próximos. Cresce muito bem em lugares ensolarados e é bastante resistente a ambientes secos.

Recentemente foi disseminada para outras regiões do mundo, onde conseguiu se adaptar bem. Nos Estados Unidos, pode ser encontrada nos Estados do Novo México, Nevada, Texas e Sul da Califórnia. A Peganum harmala cresce e a partir de uma raiz lenhosa. Suas hastes são lisas e ramificadas. Possui baixa estatura e dificilmente ultrapassa 2 metros de altura. Quando adulta adquire um formato redondo e bastante espesso. Suas folhas são pequenas nascem individualmente e depois cresce em segmentos estreitos e longos. As flores são grandes, vistosas e possuem cinco pétalas elípticas e cinco pétalas estreitas e compridas na cor branca.

Referências:
Lamchouri, F., Settaf, A., Cherrah, Y., Zemzami, M., Lyoussi, B., Zaid, A., … & Hassar, M. (1999). Antitumour principles from Peganum harmala seeds. Therapie, 54(6), 753-758.
Syrian rue. Drugs.com
Peganum harmala. Natural Medicinal Herbs.
Syrian Rue – Entheology.com>

Comentários

Comentar