Niacina: benefícios, efeitos, fontes e propriedades

A niacina, também conhecida como vitamina B3, é o nome mais comum para o ácido nicotínico. Trata-se de um nutriente muito importante para o corpo humano, vez que desempenha um papel em mais de 50 processos metabólicos diferentes. Como todas as vitaminas B, o papel principal da niacina é ajudar o corpo a converter carboidratos, gorduras e proteínas em energia utilizável. Além disso, a niacina também possui propriedades antioxidantes e ajuda a regular o açúcar no sangue, produzir ácido estomacal e manter a integridade celular.

O que é a niacina?

A niacina é a mais comum dos nutrientes “fortificados” no Canadá e nos Estados Unidos, sendo uma das mais estáveis das vitaminas do complexo B. Possui resistência aos efeitos do ar, calor, luz, ácido e do álcali (Alguns autores também definem um álcali como uma base que se dissolve em água). Uma substância cristalina branca que é solúvel em água e álcool, niacina e niacinamida são ambas facilmente absorvidas pelo intestino delgado. Pequenas quantidades podem ser armazenadas no fígado, contudo, o excesso é excretado na urina.

A vitamina B3 possui duas formas básicas: niacina (também chamada ácido nicotínico) e niacinamida (também chamada nicotinamida). O hexaniacinato de inositol, também está disponível e possui muitos dos mesmos benefícios da niacina, razão pela qual está se tornando cada vez mais popular. A niacina dietética e a formada dentro do corpo a partir do aminoácido triptofano são convertidas em niacinamida.

Quais são as fontes de niacina?

A niacina é um nutriente essencial encontrado em alimentos comuns como amendoim, brócolis, carne de aves, frutos do mar, peixes, carne de órgãos (fígado, por exemplo), cogumelos, levedura de cerveja, dentre outros alimentos.Algumas vitaminas B3 também são encontradas em grãos integrais. A vitamina B3 é encontrada na maioria dos suplementos vitamínicos, contudo, a suplementação adicional é necessária para alcançar muitos dos benefícios de saúde comprovados. Outra boa fonte de niacina é a biossíntese do aminoácido triptofano. A niacina pode ser fabricada dentro do organismo, porém quando ocorre deficiência em B1, B2 e B6, torna-se impossível que a niacina seja produzida a partir de triptofano. Cerca de 1 mg de niacina equivale a 60 mg de triptofano dietético.

A niacina é utilizada no processo de liberação de energia a partir de carboidratos, formando gordura de carboidratos e auxiliando na metabolização do álcool. Tanto a niacina quanto a niacinamida (nicotinamida) são críticas no dinucleótido de coenzima nicotinamida adenina (NAD), processo que está envolvido em muitas reações biológicas redox, onde é usado para transferir elétrons. Vez que não pode ser armazenada, deve ser consumida todos os dias. O valor mínimo necessário recomendado para um homem é de 17 mg por dia (quantidade encontrada em dois peitos de frango de tamanho médio) e 13 mg para uma mulher.

Libiforce Libiforce Man Estimulante sexual masculino sem contraindicações. Fórmula exclusiva.
Estimulantes Sexuais Estimulantes Combatem a impotência e a ejaculação precoce, além de melhorarem o desempenho.
Afrodisíacos Afrodisíacos Produtos naturais para aumentar a libido e o desejo sexual.

Benefícios gerais da niacina

A niacina ajuda a aumentar os níveis de energia por meio da melhoria da utilização dos alimentos e tem sido usada de modo benéfico para o tratamento da fadiga, irritabilidade e distúrbios digestivos, tais como constipação, diarreia, e indigestão. Também pode estimular a produção extra de ácido clorídrico. O ácido nicotínico ajuda na regulação do açúcar no sangue (como parte do fator de tolerância à glicose) em pessoas com problemas de hipoglicemia e proporciona uma maior capacidade de lidar com o estresse. É útil no tratamento da ansiedade e, possivelmente, da depressão. Vale ressaltar que apenas o ácido nicotínico (não a niacinamida) é capaz de diminuir os níveis de gordura no sangue.

A vitamina B3 É usada para o tratamento de acne e várias reações cutânea, bem como para problemas de dentes e gengivas. A vitamina também tem sido usada para estimular o desejo sexual e desintoxicar o organismo e o protege de certas toxinas. Para a maioria destes e os problemas relacionados à distúrbios cardiovasculares, a preferência é consumir o ácido nicotínico em detrimento da niacinamida. O ácido estimula a circulação e, por esta razão, pode ser útil no tratamento de cãibras nas pernas causadas por deficiência circulatória e dores de cabeça, especialmente o tipo de enxaqueca. A vitamina B3 atua no sistema nervoso central, sendo de grande importância para o bom funcionamento do cérebro, vez que ajuda na síntese da bainha de mielina. Em muitos casos, pode ser eficaz até contra a depressão, vez que é proveniente do triptofano, substância que dá a origem a serotonina, hormônio responsável pela sensação de bem-estar.

Além disso, pode ser útil para pacientes com síndrome de Ménière, condição de saúde associada a perda auditiva e vertigem. O ácido nicotínico ajuda a reduzir a pressão arterial. Além disso, alguns problemas neurológicos, como a paralisia de Bell e neuralgia do trigémino, foram auxiliados pela suplementação de niacina. A vitamina B3 Também tem sido útil para reverter a experiência alucinatória, o pensamento delirante ou o humor amplo e as mudanças de energia de alguns distúrbios psicológicos. Embora esta terapia tenha seus céticos, alguns estudos mostram resultados promissores no tratamento da esquizofrenia com niacina e outros suplementos. Outros estudos demonstraram pouco ou nenhum efeito. Desta forma, mais pesquisas são necessárias para verificar o efeito em transtornos mentais.

Colesterol alto

A niacina demonstrou diminuir o colesterol no sangue por um mecanismo desconhecido. Apesar disso, nas doses de 1 à 3 mg por dia, necessárias para efetuar os níveis de colesterol, provocou anormalidades hepáticas e rubor de pele. A superdosagem necessária neste caso, deve ser feita somente sob supervisão médica completa. O composto hexaniacinato de inositol está disponível para eliminar esses problemas. Para as pessoas que já sofreram um ataque cardíaco, a niacina parece diminuir o risco de novos ataques. Além disso, é um tratamento aprovado pela FDA para a pelagra, uma condição rara que se desenvolve a partir de deficiência do nutriente.

O tratamento com cerca de 2 g por dia de ácido nicotínico produziu reduções significativas nos níveis de colesterol no sangue e triglicerídeos. Para diminuir o componente LDL e elevar o colesterol HDL bom, pessoas costumam consumir cerca de 50-100 mg duas vezes ao dia e, em seguida, aumentar a quantidade lentamente ao longo de duas ou três semanas até 1500-2500 mg. Geralmente, para aqueles com níveis elevados de colesterol, ocorre a redução do risco de aterosclerose. Devido à sua estimulação vascular e aos efeitos da redução do colesterol e da pressão arterial, a vitamina B3 tem sido utilizada preventivamente para problemas secundários graves de doenças cardiovasculares como infartos do miocárdio (ataques cardíacos) e AVC.

Disfunção erétil e saúde sexual

Libiforce Man

Libiforce Man 800mg é totalmente natural e não possui nenhum tipo de contraindicação, além de ser considerado um dos melhores estimulantes sexuais para homens do mercado, capaz de proporcionar uma vida sexual mais ativa e saudável, além de combater a impotência. Produto exclusivo. Clique aqui para saber mais sobre Libiforce Man.

A niacina melhora a saúde sexual tanto em homens como em mulheres. Por um lado, desempenha um papel na produção de hormônios adrenais. Um dos hormônios adrenais mais importantes é a DHEA, que é um precursor da testosterona e do estrogênio. Da forma que a niacina funciona de modo indiretamente para apoiar níveis saudáveis de hormônios sexuais masculinos e femininos, é útil para homens e mulheres. Além de apoiar níveis saudáveis de hormônios sexuais, pode tornar a excitação sexual mais fácil de atingir. Isso ocorre porque o nutriente é usado pelo organismo para dilatar os vasos sanguíneos de forma saudável, fator necessário para direcionar o fluxo sanguíneo adequado para os órgãos genitais.

Os efeitos da niacina no fluxo sanguíneo e na saúde sexual foram documentados em um estudo envolvendo 160 homens que apresentavam disfunção erétil. Os participantes foram designados aleatoriamente para um dos dois grupos. Um grupo deveria tomar um suplemento de niacina por dia por 12 semanas, e o outro grupo deveria tomar placebo diariamente pelo mesmo período de tempo. Após os três meses, o grupo que recebeu o suplementação apresentou melhora significativa, enquanto o grupo placebo não percebeu nenhuma melhora.

Novas pesquisas mostram que tomar doses elevadas de niacina, também conhecida como vitamina B3, pode melhorar o desempenho de homens com impotência severa. Os voluntários que tomaram duas a três pílulas de 500 miligramas todos os dias durante 12 semanas relataram melhorias significativas em suas vidas sexuais em comparação com aqueles que tomaram um comprimido de placebo. Pesquisadores da Universidade chinesa de Hong Kong, onde o estudo foi realizado, acreditam que a niacina funciona aumentando o fluxo sanguíneo para a região pélvica.

Distúrbios digestivos

Homens com distúrbios digestivos como deficiências enzimáticas, diverticulite, Doença de Crohn, gastrite atrófica, síndrome do intestino irritável, úlceras e outras condições de saúde podem apresentar uma redução da absorção de vitaminas e minerais. Os homens que lutam com essas questões podem muito bem se beneficiar de quantidades aumentadas de niacina na dieta ou possivelmente com suplementação.

Estatinas

Na forma de suplemento, a niacina funciona aumentando os níveis de lipoproteína de alta densidade, o chamado “bom” colesterol. A niacina funciona de maneira simular às estatinas, medicamentos contra o colesterol prescritos para milhões de pessoas no mundo inteiro e que servem para reduzir os níveis de gorduras nocivas que entopem as principais artérias do corpo.Como algumas pesquisas sugerem que as estatinas também podem ajudar com a impotência, os pesquisadores queriam ver se a niacina tinha o mesmo efeito. Os resultados, publicados no Journal of Sexual Medicine, mostraram que os homens que tomavam niacina apresentaram uma grande melhora em comparação com aqueles em placebo, com os piores casos de função erétil que mais beneficiam.

Os resultados foram medidos usando um sistema de pontuação reconhecido, chamado Índice Internacional de Função Erétil, que mede a capacidade de obter e manter uma ereção. Os pesquisadores disseram que, além de combater o colesterol, a niacina também pode dilatar os vasos sanguíneos.
A vitamina desencadeia a liberação de uma substância chamada prostaglandina 2, que é conhecida por ajudar o endotélio, o revestimento de um vaso sanguíneo, relaxar e deixar mais sangue. O Dr. David Edwards, especialista em medicina sexual de Chipping Norton, em Oxfordshire, disse que as descobertas foram interessantes. Contudo, advertiu sobre a necessidade de que os homens façam exames médicos adequados antes de iniciar o uso de niacina em altas dosagens.

Estimulantes Sexuais Estimulantes Combatem a impotência e a ejaculação precoce, além de melhorarem o desempenho.
Afrodisíacos Afrodisíacos Produtos naturais para aumentar a libido e o desejo sexual.
Libiforce Libiforce Man Estimulante sexual masculino sem contraindicações. Fórmula exclusiva.

Osteoartrite

A osteoartrite e outras condições dolorosas da articulação também podem responder ao tratamento com niacina (como a niacinamida). Para ajudar a reduzir a dor das articulações e melhorar a mobilidade, a niacinamida foi utilizada em quantidades que começam em 500 mg duas vezes ao dia até 1.000 mg três vezes ao dia juntamente com 100 mg de diário do complexo B.

Pelagra

Pelagra
Pelagra

A pelagra é o nome da deficiência de niacina, descrevendo a sintomatologia da “pele crua” da doença. Em um sentido absoluto, a niacina não é uma vitamina, vez que o organismo pode sintetizá-lo começando com o aminoácido triptofano. Alguns casos de pelagra na verdade eram deficiências de triptofano, ou quantidades reduzidas de fatores que ajudam a converter o triptofano em niacina. A pelagra provoca dermatite, diarreia e lesões nervosas que afetam o sistema nervoso central, podendo levar à demência. Além dessa enfermidade, a carência pode ocasionar depressão, dores de cabeça, fadiga, insônia, irritabilidade, dentre outros sintomas. O tratamento à base de niacina para pelagra é aprovado pelo FDA (Food and Drug Administration).

A niacina tem sido uma adição importante ao arsenal de psiquiatria ortomolecular em uma variedade de transtornos mentais. Inicialmente, foi demonstrado que seria útil para as neuroses e psicoses descritas como a “demência da pelagra”. Desde então, tem sido usado em grandes quantidades, bem mais de 100 mg por dia e muitas vezes mais de 1.000 mg por dia (até 6.000 mg), para tratar uma grande variedade de sintomas psicológicos, incluindo alcoolismo, depressão, esquizofrenia problemas de drogas e senilidade. Os alcoólatras são comumente deficientes em niacina e muitas vezes precisam receber um suplemento de vitamina B3 combinado com outras vitaminas do complexo B.

AUMENTA A MASSA MUSCULAR / TESTOSTERONA Tribulus terrestris High Energy
COMPOSTO DE 9 AFRODISÍACOS NATURAIS Sex Ativo
AFRODISÍACO NATIVO DA FLORESTA AMAZÔNICA Marapuama em Cápsulas
ATIVADOR SEXUAL FEMININO PREMIUM Vênus Mulher
CATUABA, MARAPUAMA, CIPÓ-CRAVO E GUARANÁ Sexotone
Referências:
Lavigne, Paul M., and Richard H. Karas. “The current state of niacin in cardiovascular disease prevention: a systematic review and meta-regression.” Journal of the American College of Cardiology 61.4 (2013): 440-446.
Carlson, Lars A. “Nicotinic acid: the broad‐spectrum lipid drug. A 50th anniversary review.” Journal of internal medicine 258.2 (2005): 94-114.
Ng, Chi‐Fai, et al. “Effect of niacin on erectile function in men suffering erectile dysfunction and dyslipidemia.” The journal of sexual medicine 8.10 (2011): 2883-2893.
Sign up now: take action from mid-life to maintain healthy brain. Faculty of Medicine of Hong Kong.
Weetabix vitamin that saves a man’s love life, Daily Mail.
Osmond, Humphrey, and Abram Hoffer. “Massive niacin treatment in schizophrenia. Review of a nineyear study.” Lancet 1 (1962): 316-320.
Brown, B. Greg, et al. “Moderate dose, three-drug therapy with niacin, lovastatin, and colestipol to reduce low-density lipoprotein cholesterol 100 mg/dl in patients with hyperlipidemia and coronary artery disease.” The American journal of cardiology 80.2 (1997): 111-115.
Alderman, James D., et al. “Effect of a modified, well-tolerated niacin regimen on serum total cholesterol, high density lipoprotein cholesterol and the cholesterol to high density lipoprotein ratio.” American Journal of Cardiology 64.12 (1989): 725-729.

Comentários

Comentar