Bayberry (arbusto-de-cera): benefícios e propriedades medicinais

A bayberry (Myrica cerifera) é uma planta medicinal também conhecida como arbusto-de-cera, arbusto-de-sebo, árvore-de-cera; waxberry, wax myrtle, candleberry, southern bayberry (inglês), dentre outros nomes populares. A Myrica cerifera é um arbusto perene nativo da parte oriental dos Estados Unidos. Pertence à família Myricaceae.

Benefícios da bayberry

A bayberry estimula a drenagem linfática e encoraja a cura de membranas de muco. É utilizada em infecções em fase inicial, vez que contém myricitrina, composto químico que exibe atividade antibiótica contra uma gama extensiva de bactérias. Suas propriedades antibacterianas e adstringentes a tornam útil para o tratamento de feridas (cataplasma) e hemorroidas. Já seu efeito descongestionante é útil para gripes e resfriados, tosses e sinusite (em forma de pó é usado como rapé para congestão no peito). A casca é mastigada para aliviar dor de dente.

Além disso, é usada para aliviar problemas intestinais, tais como colite e diarreia, dores de cabeça, náuseas, convulsões, paralisia, epilepsia, inflamações e infecções no sistema gastrointestinal. O gargarejo é feito para amenizar dor de garganta. Ducha para leucorreia. Compressas são feitas em varizes. A cera dos frutos é utilizada em sabões, cosméticos e velas. Os frutos costumam ser ingredientes de loções pós-barba e tônicos capilares (na culinária os frutos são usados para temperar carne). Dentre os compostos químicos que mais chamam a atenção na bayberry se destacam os triterpenos, como o taraxerol e o myricadiol, flavonoides como a miricitrina, resinas, fenóis e taninos.

Como consumir a bayberry?

Há diversas formas de aproveitar todos os benefícios da bayberry, seja em forma de cápsulas, infusão (chá) ou tintura:

  • Cápsulas: você pode ingerir cápsulas com o extrato da bayberry de 450 mg cerca de seis vezes ao longo do dia, ou de acordo com a recomendação do seu médico ou fabricante do medicamento.
  • Chá (infusão): o chá da bayberry pode ser preparado com as suas cascas secas, desde que não ultrapasse a quantidade de 0,5 gramas por dia.
  • Tintura: muito fácil de ser encontrada em lojas especializadas tanto físicas quanto virtuais, a tintura da bayberry pode ser usada diariamente. As quantidades ideias são de 20 a 40 gotas cerca de 4 vezes por dia.
Anti-Inflamatórios Naturais Anti-Inflamatórios Naturais Suplementos eficazes para aliviar e curar inflamações nos tecidos.
Antidiabéticos Insulinas VegetaisAntidiabéticos que agem como hipoglicemiantes e insulinas vegetais
Maca-Peruana Maca-Peruana Em Cápsulas e Pó. Rica em nutrientes. Aumenta a libido, desejo sexual e vigor.
Crajiru (Pariri) Crajiru (Pariri) O chá de pariri é um poderoso chá para o tratamento do câncer.
Chás Chás Medicinais Chás 100% naturais e orgânicos para diversos objetivos.

Contraindicações e efeitos colaterais da bayberry

A Myrica cerifera é contraindicada para mulheres que estejam grávidas ou amamentando, assim como também não pode ser usada por crianças e bebês. Grandes doses podem causar hipertensão arterial e retenção de líquidos. Pacientes com insuficiência renal não devem consumi-la.

História e curiosidades

A bayberry é uma pequena árvore nativa da América do Norte, sendo muito encontra no Texas e na porção leste do país. Também se desenvolve naturalmente em diversas partes da América Central e ilhas do Caribe. O vegetal consegue se adaptar bem em diversos climas, principalmente em zonas úmidas, próximas a rios, córregos. Também pode ser encontrada em florestas. Pode ser considerada uma árvore pequena ou um grande arbusto, já que alcança os 9 metros de altura facilmente.

Suas flores masculinas possuem cerca de 4 estames, enquanto as femininas se desenvolvem em frutas e são revestidas por uma cera. Ambas possuem a coloração amarela. Seu fruto é muito consumido por aves e pequenos mamíferos, eles possuem a cor branca azulada. As raízes da planta possuem nódulos que realizam a fixação do nitrogênio, o que permite que ela cresça em solos pobres de nutrientes com facilidade.

VERMÍFUGO NATURAL / ELIMINA PARASITAS Composto Anti-Verme 500mg
DIURÉTICO / ELIMINA PEDRAS NOS RINS Quebra-Pedra em Cápsulas
CASTANHA, BUGRE, CENTELHA, HAMAMÉLIS Composto Circulatório 500mg
SHAMPOO CONCENTRADO DE BABOSA Shampoo de Aloe vera 300ml
ESTIMULANTE SEXUAL MASCULINO PREMIUM Libiforce Man 800mg
Referências:
Drugs.com
Bayberry Benefits and Side Effects. Herbal Resource.
Botanical: Myrica cerifera (LINN.)
WebMD. BAYBERRY Other Names: Árbol de Cera, Arbre à Cire, Candleberry, Cirier de Pennsylvanie. Morella caroliniensis, Morella cerifera, Morella pensylvanica, Myrica, Myrica caroliniensis, Myrica cerifera, Myrica heterophylla, Myrica pensylvanica, Myrica pumila, Myrique de Pennsylvanie. Southern Bayberry, Southern Wax Myrtle, Tallow Shrub, Vegetable Tallow, Wax Myrtle, Waxberry.

Comentários

1 comentário

  1. Elaine Aparecida da rosa

    Fiz uma leitura em um livro, onde essa erva é citada como coadjuvante no tratamento da tireóide, assim como outras ervas foram citadas: Hidraste, Erva-de-São-Cristovão e a Myrica Cerifera. Mas, verifiquei nas informações acima e não consta como erva para tireóide, Será então, que pode estar incluída a erva para tireóide? Grata.

    Réplica – Existem várias linhas de pesquisa no ramo das plantas medicinais e fitoterápicos. E de igual forma, são muitos autores que publicam sobre tais plantas. O nosso conteúdo é atualizado com bastante frequência e extraído de diversas fontes nacionais e estrangeiras, mas mesmo assim, assim como qualquer outro disponível em publicações online ou impressas, não é totalmente completo.

    Existem plantas medicinais atualmente que tem seu uso tradicional estudado para o tratamento de uma gama de diferentes doenças, e a cada dia que passa novas descobertas são feitas, sendo impossível, com mais de 350 ervas publicadas no medicinaisplantas.com, acompanhar tais avanços. Da mesma forma, seria uma imensa irresponsabilidade incluir no conteúdo dos textos informações não contidas nas fontes consultadas (ou presentes de forma incompleta, por exemplo).

    Não temos como responder se é uma erva indicada para a tireóide, visto que carecemos de fontes que a qualificam para tal. Quem sabe em breve, a Myrica cerifera possa ser incluída na pauta para uma pesquisa mais profunda a respeito. Caso queira contribuir para o enriquecimento do conteúdo, nós temos um canal aberto para o envio de conteúdo extraído de fontes científicas e de autores renomados, que após analisadas, podem ser incluídas para publicação. Espero que tenha compreendido.

    Att.

Comentar