Flor-de-lótus: benefícios, efeitos, usos e propriedades medicinais


A lótus (Nelumbo nucifera) é uma planta medicinal também conhecida como flor-de-lótus, lótus-da-Índia, lótus-do-Egito, lótus-sagrada, kamala e lianzi (hindi), padma (sânscrito), dentre outros nomes populares. Pertence à família Nelumbonaceae.


Benefícios e propriedades medicinais da lótus

A região que conecta as raízes com o restante do vegetal concentra a maioria das propriedades da planta, contudo, todas as suas partes são medicinais. A lótus age como adstringente, afrodisíaco, antidiarreico, cardiotônico, emenagogo, hemostático, hipotenso, rejuvenescedor, sedativo. A raiz da lótus é um emoliente catarral usado para dispersar o muco estagnado e auxilia em casos de resfriados, sinusites e tosses. As sementes são calmantes e cardiotônicas, além de serem usada aumentar a concentração e melhorar dificuldades de fala e gagueira.

A lótus é muito usada para o tratamento de afecções respiratórias, tais como catarro pulmonar, desobstrução das vias respiratórias e eliminação de secreções. As sementes melhoram o funcionamento do coração e ajudam a dispersar o muco acumulado nas vias aéreas. O uso também é indicado para casos de diarreia, distúrbios estomacais, menopausa, pneumonia, tosses e vômitos. Possui propriedades que auxiliam na eliminação de microorganimos e toxinas nocivas do organismo, como é o caso de cólera (infecção intestinal causada pela bactéria Vibrio cholerae) e envenenamento causado por cogumelos. As raízes e sementes consumidas com arroz agem como um afrodisíaco natural.

Na culinária, folhas, talos jovens, pétalas, sementes e rizomas são comestíveis. A farinha da raiz da lótus é usada para engrossar molhos. Partes tenras jovens podem ser comidas cruas em saladas ou cozidas como um legume. As folhas são usadas para o preparo de chá, embrulho de alimentos para serem assados ou cozinhadas em vapor, apesar de possuírem gosto amargo. A folha também está disponível na forma de cápsulas e pílulas, que podem ser alternativas para as folhas amargas. As flores podem ser flutuadas em sopas.

Antirreumaticos Antirreumáticos Suplementos naturais para aliviar dores articulares, artrite, artrose, gota e reumatismo.
Sucupira Sucupira em Cápsulas Alivia dores de artrite/reumatismo e controla o diabetes
Crajiru (Pariri) Crajiru (Pariri) O chá de pariri é um poderoso chá para o tratamento do câncer.
Libiforce Libiforce Man Estimulante sexual masculino sem contraindicações. Fórmula exclusiva.
Melatonina MelatoninaDurma melhor e com mais qualidade. Adquira o hormônio do sono.

Perda de peso

De acordo com um estudo publicado na revista Nutrition & Metabolism, o extrato de folhas de lótus, quando combinado com a L-carnitina, pode ​​representar uma opção de tratamento para doenças relacionadas à obesidade. A mistura evita a adipogênese (formação de tecido adiposo). Outro estudo monitorou os efeitos do extrato de folhas em ratos obesos por cinco semanas. Os resultados mostraram que a folha diminuiu a absorção de gordura e carboidratos, aumenta o gasto de energia e acelera o metabolismo lipídico. As folhas também impediram o aumento do peso corporal.

Tônicos Emagrecedores Suplementos naturais para inibir o apetite e queimar gorduras
Tônicos Termogênicos Aumentam a temperatura corporal e agem no processo de quebra de gordura.
Prisão de Ventre Digestivos Remédios naturais para combater má digestão e prisão de ventre.
Chás Chás Medicinais Chás 100% naturais e orgânicos para diversos objetivos.

Composição da lótus

As substâncias no extrato das folhas de lótus incluem alcaloides, carboidratos flavonoides e taninos. Os flavonoides e taninos são poderosos antioxidantes que têm sido relacionados com a perda de peso e saúde cardiovascular. A Nelumbo nucifera possui asparagina, betacaroteno, cálcio, magnésio, nelumbina, niacina, potássio, proteínas, sódio, roemerina, vitamina B1, vitamina B2, zinco, dentre outros nutrientes e substâncias em sua composição. Os alcaloides isoquinolínicos possuem propriedades antiespasmódicas e sedativas que podem auxiliar na digestão. As folhas contêm altas concentrações de fitoquímicos, compostos produzidos pelas vegetais para se defenderem contra infecções bacterianas e fúngicas.

Receita de chá de lótus

A melhor forma de consumir o lótus é com o preparo do seu chá após o processo de decocção. O chá deve ser consumido três vezes ao dia.

Ingredientes

  • 20 gramas da raiz de lótus.
  • 2 xícaras de água.

Modo de preparo

  • Amasse as raízes.
  • Coloque as no fogo junto com a água
  • Deixe ferver e quando atingir o estado de ebulição desligue o fogo.
  • Tampe o recipiente e deixe o chá descansar por 10 minutos.
  • Após o tempo indicado coe o chá e sirva.

Contraindicações e efeitos colaterais da lótus

Em razão da falta de pesquisas suficientes, o uso é contraindicados para gestantes, lactantes e crianças com idade inferior a 12 anos.

História e curiosidades

A lótus é considerada um símbolo espiritual e usada em cerimônias religiosas ao redor do mundo. Na Índia, onde é considerada sagrada, é assemelhada a Lakshimi, Deusa de Prosperidade. A lenda diz que Horus, deus do Sol egípcio, e Brahma (deus indiano das canções e das músicas), terem nascido de flores de lótus. As suas cinco pétalas representam as cinco fases da roda hindu da vida: nascimento, iniciação, matrimônio, descanso e morte. Na tradição grega, foi consumida para induzir um estado sonhador. Na medicina tradicional chinesa é usada para aliviar devaneios.

A Nelumbo nucifera é uma planta aquática nativa da Ásia e norte da Austrália. Pode atingir até dois metros de altura e seu habitat natural são lugares úmidos, incluindo locais ondea água se movimenta de forma suave ou em lagoas de água doce rasas. As raízes geralmente são fixadas em terrenos lodosos por meio de seu rizoma extremamente forte. Dele partem suas folhas que possuem formato arredondado e são sustentadas acima do nível da água pelos pecíolos. As flores possuem cores brancas ou rosada e são grandes e segmentadas em diversas pétalas, florescendo por cerca de três dias. Elas dão origem a frutos parecidos como uma pequena noz, que podem germinar diversos anos após serem colhidas.

Referências:
Mukherjee, P. et al. (2009). The sacred loto (Nelumbo nucifera)–phytochemical and therapeutic profile. Journal of Pharmacy and Pharmacology, 61(4), 407-422.
Summary of Nelumbo nucifera. Primary Information, Benefits, Effects, and Important Facts. Examine.com.
Nelumbo nucifera. Missouri Botanical Garden.
Ono, Yuka, et al. “Anti-obesity effect of Nelumbo nucifera leaves extract in mice and rats.” Journal of Ethnopharmacology 106.2 (2006): 238-244.
Wu, Cheng-Hsun, et al. “Improvement in high-fat diet-induced obesity and body fat accumulation by a Nelumbo nucifera leaf flavonoid-rich extract in mice.” Journal of agricultural and food chemistry 58.11 (2010): 7075-7081.

Comentários

Comentar