Óleo de calêndula: saiba para que serve

Óleo de calêndula

Conheça os benefícios, composição, modo de uso, propriedades funcionais, medicinais e terapêuticas do óleo de calêndula, amplamente usado para a saúde da pele.

Atualizado em 16/10/2022

A Calendula officinalis é uma planta nativa da África central e foi trazida ao Brasil em meados do século XVIII, onde se tornou popular. O óleo de calêndula é obtido através da maceração das flores em óleo vegetal. Conhecida também como margarida-dourada, possui propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e cicatrizantes.

Composição do óleo de calêndula

Uma série de ingredientes usados ​​em cosméticos e produtos de higiene pessoal são feitos de C. officinalis, incluindo produtos com o óleo vegetal extraído de suas flores, mais comumente usados ​​em cosméticos e produtos de higiene pessoal.

Benefícios e usos do óleo de calêndula

O óleo de calêndula pode auxiliar no tratamento de várias doenças da pele, bem como melhorar a aparência e saúde da pele. Algumas pessoas usam a solução oleosa para tratar a acne. Um estudo de laboratório descobriu que o extrato pode ser útil no tratamento e prevenção da acne vulgar. Pode ser aplicado o óleo em todo o rosto ou usá-lo para tratar áreas propensas a acne.

O óleo de calêndula possui propriedades antibacterianas, antifúngicas e anti-inflamatórias, que podem torná-lo útil par auxiliar no alívio de eczema e assaduras, além de cicatrização de feridas. Por ser um óleo hidratante, pode ser usado como um pós-banho para evitar o ressecamento da pele e no calcanhar para diminuir rachaduras, além de, ao ser aplicado em cabelos, agir como um anti-frizz e leave-in. Sua ação cicatrizante melhora a aparência de acnes superficiais, eczemas e fissuras nos seios causadas pela amamentação. Existem estudos científicos que demonstraram que o óleo de calêndula atua na prevenção de flacidez da pele e rugas.

Óleo de Calêndula: INFORMAÇÕES

Benefícios primários

Efeito antibacteriano e anti-inflamatório.

Parte utilizada

Óleo extraído através da maceração das flores em óleo vegetal.

Modo de uso

Aplicar algumas gotas diretamente na pele e/ou couro cabeludo ou diluir em cremes e loções cremosas.

Precauções

Uso externo. Evitar contato com os olhos. Em caso de irritação, suspender o uso. Se os sintomas persistirem, procure um médico. Conservar em recipiente hermético protegido de umidade, ao abrigo de luz e calor.

Botânica

A planta faz parte da família Asteraceae / Compositae e vem da ordem Asterales. Trata-se de uma planta anual, facilmente cultivada em solos médios moderadamente férteis e bem drenados a pleno sol. Pode ser plantada em canteiros de flores, canteiros, jardins de casas, jardins de corte ou vasos. As folhas perfumadas atraem borboletas e as pétalas podem ser consumidas e utilizadas na culinária. O óleo de calêndula é feito pela infusão das flores em um óleo carreador (como azeite de oliva ou óleo de coco). O óleo pode ser usado sozinho ou como ingrediente em bálsamos, cremes, loções ou pomadas. Não se deve confundir com as calêndulas ornamentais do gênero Tagetes, comumente cultivadas em hortas.

REFERÊNCIAS:
The Health Benefits of Calendula. Learn about the anti-inflammatory and antimicrobial benefits. Very Well Healthy
Buzzi, M. et. al. Therapeutic effectiveness of Calendula officinalis. J Wound Care. 2016 Dec 2;25(12):732-739.
Jahdi, F. et. al. The impact of calendula ointment on caesarean wound healing: A randomized control clinical trial. J Family Med Prim Care. 2018 Sep-Oct; 7(5): 893–897. DOI: 10.4103/jfmpc.jfmpc_121_17