Papoula-da-Califórnia: efeitos colaterais e propriedades

A Papoula-da-Califórnia (Eschscholzia californica) é uma planta medicinal também conhecida como amapola-da-Califórnia, papoula-amarela, poppy california, yellow poppy (inglês), dentre outros nomes populares. A papoula-da-Califórnia atinge uma altura de 60 cm e possui folhas muito finas que se dividem, juntamente com flores tipicamente amarelas ou laranja brilhante. Pertence à família Papaveraceae.

Benefícios e propriedades medicinais da papoula-da-Califórnia

A papoula-da-Califórnia ajuda a combater a incontinência urinária, aliviando a tensão. Também é um relaxante ósseo. Ao contrário da papoula-dormideira (Papaver somniferum), a papoula-amarela não contém opiáceos (ópio). Os opiáceos são substâncias derivadas do ópio e produzem sensações de insensibilidade à dor (agindo como analgésicos) e são usados principalmente na terapia da dor crônica e dor aguda de alta intensidade. Em doses elevadas causam sensações de euforia, estados hipnóticos e dependência química.

Dessa forma, as suas propriedades medicinais agem como analgésicos, anódino, antiespasmódico, antipirético (febrífugo), hipnótico, nervino, sedativo e soporífero. Suas principais aplicações medicinais são para ansiedade, dores de cabeça, dores comuns (em forma de compressas pode aliviar dores, incluindo musculares), incontinência urinária, hiperatividade, insônia e tensão.

Características da papoula-da-Califórnia

Nas regiões em que o clima se encontra mais quente e ameno, as papoulas geralmente são cultivadas o ano todo, apesar de não se desenvolverem muito bem em locais onde o clima é mais úmido. A espécie necessita de luz do sol de forma direta todos os dias por pelo menos algumas horas. No caso da irrigação, o solo deve sempre se encontrar levemente úmido, vez que a papoula não tolera solos excessivamente úmidos ou encharcados. O solo ideal para a papoula-da-Califórnia deve ser bem drenado, profundo, leve e rico em calcário. Apesar de ser pequena, o crescimento SE torna difícil quando cultivada em vasos mais rasos devido ao fato de apresentar uma raiz primária longa, o que torna necessário ser usado vasos que possuem maior profundidade.

A papoula-de-Califórnia começa a florescer normalmente de três a seis meses após o plantio, contudo, isso depende muito das condições de cultivo. O ciclo de cultivo apresenta espécimes perenes e anuais. As flores de cor amarela ou alaranjada possuem diâmetro de cerca de 9 centímetros e permanecem fechadas em dias nublados e durante a noite. Desta forma, a papoula é utilizada com mais frequência em projetos de jardins ensolarados ou de jardins de pedra. As papoulas são consideradas mais ornamentais ao serem cultivadas em grupos do que sozinha.

Contraindicações e efeitos colaterais da papoula-da-Califórnia

Em doses elevadas, a papoula-amarela pode causar sensações de euforia. O uso é restrito em casos de depressão, onde o seu uso pode causar ainda a ressaca, mesmo a planta não contendo substâncias causadoras de dependência (viciantes).

História e curiosidades

A Eschscholzia californica é nativa da América do Norte, especialmente no estado da Califórnia nos Estados Unidos, sendo cultivada nos meses que são mais quentes e em regiões que tenham um inverno mais rigoroso. A papoula-amarela é a flor símbolo do estado da Califórnia, localizado na costa leste dos Estados Unidos, onde é protegida por lei. A colheita da em>Eschscholzia californica em sua forma selvagem para fins de coleção pode gerar multa.

Referências:
Rolland, Alain, Jacques Fleurentin, Marie-Claire Lanhers, Chafique Younos, René Misslin, François Mortier, and Jean Marie Pelt. “Behavioural effects of the American traditional plant Eschscholzia californica: sedative and anxiolytic properties.” Planta medica 57, no. 03 (1991): 212-216.
Leger, E. A., & Rice, K. J. (2003). Invasive California poppies (Eschscholzia californica Cham.) grow larger than native individuals under reduced competition. Ecology letters, 6(3), 257-264.

Comentários

Comentar