Pimenta-longa: benefícios, usos e propriedades medicinais

A pimenta-longa (Piper longum) é também conhecida como pimenta-indiana, pimenta-da-Indonésia, pimenta-longa-javanesa, pippali, dentre outros nomes populares. Pertence à família Piperaceae.

Benefícios da pimenta-longa

A Piper longum é uma parente bem próxima da pimenta-do-reino, contudo, possui características distintas, incluindo seu ardor acentuado. É muito conhecida pela sua capacidade de descongestionar e eliminar o muco dos pulmões. A pimenta-longa é responsável por ajudar a aumentar o apetite e limpar o revestimento do intestino. Além disso, proporciona alívio para dores estomacais causadas pela má digestão ou prisão de ventre. Possui capacidade de acelerar o metabolismo, sendo uma boa opção para pessoas que desejam perder peso.

A pimenta-longa é uma pimentas medicinais capazes de tonificar os órgãos reprodutivos e, devido às suas características afrodisíacas, é usado no tratamento de disfunção erétil e ejaculação precoce. Também é usada para o tratamento da tosse. Seus efeitos sedativos ajudam a acalmar e reduzir a ansiedade, sendo útil para o tratamento de pessoas que sofrem com epilepsia e insônia. Além disso, apresenta ótimos resultados no tratamento de feridas na pele e é um ótimo tônico capilar.

Como consumir a pimenta-longa

A Piper longum pode ser incluída na alimentação diária, quando acrescentada na dieta. É muito comum na Índia e Indonésia, onde essa pimenta é usada como tempero no preparo de diversos pratos. Outra forma de consumi-la é em forma de pasta, conforme a receita a seguir:

Ingredientes

  • 100 gramas de pimenta longa em pó.
  • 80 gramas de mel natural.
  • 100 gramas de manteiga ghee.

Modo de preparo

Basta misturar todos os ingredientes até obter uma massa homogênea e guardar esta mistura em um ambiente fechado. A mistura deve ser consumida em um período de 15 a 20 dias, durante o dia. O uso desta pasta não pode ultrapassar este prazo, por causa da possibilidade de ocorrência de efeitos colaterais.

Contraindicações e efeitos colaterais da pimenta-longa

O uso é contraindicado para mulheres grávidas ou em período de amamentação.

História e curiosidades

A Piper longum é uma planta originária das florestas tropicais da Índia. Cresce em locais quentes e úmidos. Trata-se de um arbusto grande, com folhas verdes e brilhantes que possuem cerca de 3 centímetros de comprimento. Seus frutos são bem pequenos e crescem embutidos em espigas florais e possuem uma tonalidade entre as cores laranja e amarela.

Piper Longum (Long Pepper) Medicinal Uses, Benefits And Images. Medicinal Plants and Their Uses.
Jalalpure, S. S., et al. “Hepatoprotective activity of the fruits of Piper longum Linn.” Indian journal of pharmaceutical sciences 65.4 (2003): 363.
Sunila, E. S., and G. Kuttan. “Immunomodulatory and antitumor activity of Piper longum Linn. and piperine.” Journal of ethnopharmacology 90.2-3 (2004): 339-346.

Comentários

1 comentário

Comentar