Samambaia: benefícios, efeitos, usos e propriedades medicinais


A samambaia (Dryopteris filix-mas) é planta de origem pré-histórica e sua origem remonta há milhões de anos atrás. Trata-se de uma espécie muito utilizada como planta ornamental e muito comum em ambientes tropicais úmidos, geralmente onde não há muita incidência solar. Inclui os sinônimos botânicos Alpidium felix-mas e Spinulosa felix. Pertence à família Aspleniaceae.

Benefícios e propriedades medicinais da samambaia

Na medicina popular, os rizomas da samambaia concentram as principais propriedades medicinais da samambaia, que possui ação adstringente, anti-helmínticas (combate vários tipos de parasitoses), febrífugas (reduzem a febre) e vermífugas (eliminam vermes do organismo). Suas principais indicações são para o tratamento de doenças como meningite, pneumonia, sarampo e verminoses, sobretudo para eliminar nematelmintos e solitárias. Externamente, a samambaia masculina tem sido usada para abscessos, carbúnculos, furúnculos e feridas.

As substâncias presentes na composição da samambaia entorpecem os músculos de parasitas de forma que tais microorganismos nocivos se desprendam dos tecidos do corpo. Após isso, combinado com um laxantes hiperosmótico (salinas), usados para esvaziar o intestino rapidamente, como é o caso do sulfato de magnésio, os parasitas são eliminados do organismo. O sulfato de magnésio também ajuda a anular a toxicidade da samambaia. O tratamento só deve ser feito sob recomendação e supervisão médica.

Outra aplicação da samambaia é como tônico para casos de doenças que atingem o sistema respiratório, a bronquite e a asma. Para fins medicinais, as raízes devem ser coletadas no outono e liofilizadas (secas). Pode também ser usada para aliviar a dor, estancar sangramentos e tratar inflamações. De todas as formas, a samambaia é melhor utilizada quando a pessoa segue uma dieta livre de bebidas alcoólicas e gorduras, vez que isso impede que toxinas sejam absorvidas. A Dryopteris filix-mas é composta de óleo resina com filicina, óleos essenciais, resinas, taninos, triterpenos dentre outras substâncias químicas.

Chás Chás Medicinais Chás 100% naturais e orgânicos para diversos objetivos.
Pedras nos Rins Pedras nos Rins Conheça fitoterápicos para eliminar cálculos renais.
Prisão de Ventre Digestivos Remédios naturais para combater má digestão e prisão de ventre.
Noethyl Anti-Álcool Noethyl Anti-Álcool O melhor suplemento natural para curar o alcoolismo.

Chá de samambaia


A melhor forma de aproveitar todos os benefícios é consumindo o chá da samambaia. O preparo é simples e recomenda-se consumi-lo combinado com outras substâncias capazes de anular sua toxicidade e evitar efeitos colaterais. Desta forma, é altamente recomendado o auxílio de um profissional da saúde competente antes de iniciar o uso.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de raiz de samambaia seca.
  • 600 ml de água filtrada.

Modo de preparo

  • Coloque somente a água para ferver em um recipiente fechado com tampa.
  • Quando começar a borbulhar desligue o fogo e coloque a raiz de samambaia.
  • A mistura deve descansar por cerca de 10 minutos. O tempo de descanso é essencial para a planta soltar as suas propriedades.
  • Coe o chá e consuma durante o dia.

Contraindicações e efeitos colaterais da samambaia

As folhas da samambaia são tóxicas e podem causar efeitos adversos. Pacientes com anemia, cardiopatias, gastrite e úlceras duodenais devem evitar o uso. O uso é contraindicado para mulheres grávidas ou em período de amamentação. O chá de samambaia não deve ter seu uso associado ao consumo de álcool e dietas com alta ingestão de gorduras, vez que isso facilita a absorção de toxinas. O consumo da samambaia deve feito somente com a indicação e supervisão de um profissional da saúde responsável. A sua toxicidade pode causar danos aos nervos ópticos, delírios, náuseas, problemas respiratórios, vômitos e, em alguns casos, levar a óbito.

História e curiosidades

O nome de gênero, Dryopteris, é oriundo do grego para “samambaia-de-carvalho”, vez que a espécie cresce em grandes quantidades em florestas de carvalho. As samambaias são plantas vasculares que não possuem sementes. A reprodução é realizada por meio de esporos. Quando adulta, se dividem em diversas partes como o rizoma, uma espécie de caule rastejante, cuja a maior parte se encontra abaixo do solo. Também possui rizoides, estruturas que realizam as funções das raízes nas bases das folhas, mas não possuem a mesma complexidade.

As frondes (folhas), onde estão localizados os pecíolos; lâminas, a parte verde; e os soros, na parte de baixo das frondes, responsáveis pela reprodução das samambaias. A em>Dryopteris filix-mas pode atingir até um metro e meio de altura. Existem cerca de 12 mil espécies diferentes de samambaias no mundo. Algumas delas surgiram há mais de 360 milhões de anos.

Avalie

MELHORA A SAÚDE DOS RINS QPR Blend
COMPOSTO NATURAL COM FITOESTROGÊNIO Isoflavona 500mg
SUPLEMENTO NATURAL PARA CURAR ALCOOLISMO Noethyl Anti-Álcool
MELHORA A SAÚDE DO TRATO URINÁRIO Cran B
REMÉDIO NATURAL PARA ELIMINAR PEDRAS NOS RINS Dissol
Referências:
Britannica Escola. Capes.
Fern men – Dryopteris filix-mas. Medicine.
Bahmani, M., Rafieian-Kopaei, M., Hassanzadazar, H., Saki, K., Karamati, S. A., & Delfan, B. (2014). A review on most important herbal and synthetic antihelmintic drugs. Asian Pacific journal of tropical medicine, 7, S29-S33.
Guarrera, P. M. (1999). Traditional antihelmintic, antiparasitic and repellent uses of plants in Central Italy. Journal of Ethnopharmacology, 68(1-3), 183-192.

Comentários

Comentar