Humulus lupulus (LÚPULO)

Humulus lupulus

Nomes populares

Lúpulo, hop (EUA), houblon (França), luppolo (Itália), hopfen (Alemanha), lúpulo (Espanha).

Sinônimos botânicos

Humulus americanus, Humulus japonicus, Humulus lupulus var. lupulus, Humulus lupulus var. neomexicanus.

Família

Cannabaceae

Partes usadas

Flores, folhas, raízes.

Usos tradicionais

  • Ansiedade.
  • Distúrbios do sono.
  • Inflamações.
  • Insônia.
  • Problemas digestivos.
  • Reumatismo.

Propriedades medicinais da Humulus lupulus

  • Analgésico (diminui ou suprime a dor).
  • Anti-inflamatório (combate a inflamação nos tecidos).
  • Antioxidante (inibe os efeitos da oxidação e combate os radicais livres).
  • Calmante (acalma ou faz cessar dor, ansiedade; substância calmante, tranquilizante).
  • Diurético (atua no rim, aumentando o volume e o grau do fluxo urinário).
  • Estimulante (produz um aumento temporário da atividade funcional de um organismo ou de qualquer parte dele).
  • Hipnótico (induz o sono).

Preparações

chás, extratos, infusões, tinturas.

FIGAPRO

Figapro é o suplemento alimentar mais utilizado no Brasil para auxiliar a eliminar gordura do fígado e melhorar o funcionamento do sistema digestivo.

Contraindicações e efeitos colaterais

Evitar durante a gravidez e lactação. Uso excessivo pode causar sonolência excessiva.

Fitoquímicos

Alfa-ácidos, beta-ácidos, humuleno, lupulona, mirceno.

Curiosidades

– Humulus lupulus é amplamente conhecido por seu uso na fabricação de cerveja. As flores conferem amargor e aroma à bebida.

– Na medicina tradicional, o lúpulo é utilizado como um sedativo natural para tratar a insônia e a ansiedade.

– Estudos modernos têm explorado o potencial anticancerígeno dos compostos presentes no lúpulo, como a xantohumol.

– O lúpulo também é empregado na produção de cosméticos devido às suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.

Referências:
Bradley, P. R. British Herbal Compendium, Volume 1. British Herbal Medicine Association, 1992.
Gruenwald, J., et al. PDR for Herbal Medicines, 4th Edition. Thomson Healthcare, 2007.
Chevallier, A. Encyclopedia of Herbal Medicine: The Definitive Home Reference Guide to 550 Key Herbs with All Their Uses as Remedies for Common Ailments. Dorling Kindersley, 2016.
Mills, S., and Bone, K. Principles and Practice of Phytotherapy: Modern Herbal Medicine, 2nd Edition. Churchill Livingstone, 2013.
Yarnell, E., and Abascal, K. Clinical Botanical Medicine, 2nd Edition. Mary Ann Liebert, 2009.
Bown, D. The Herb Society of America New Encyclopedia of Herbs & Their Uses. Dorling Kindersley, 2001.
Barnes, J., et al. Herbal Medicines, 3rd Edition. Pharmaceutical Press, 2007.
Blumenthal, M., et al. The Complete German Commission E Monographs: Therapeutic Guide to Herbal Medicines. American Botanical Council, 1998.