Piper nigrum (PIMENTA-DO-REINO; PIMENTA-PRETA)

Piper nigrum (PIMENTA-DO-REINO; PIMENTA-PRETA)

Por Medicina Natural
PIPER NIGRUM

Nomes populares

Pimenta-preta, pimenta-negra, pimenta-indiana, pimenta-da-Índia, pimenta-de-videira, pimenta-do-reino, pimenta-redonda, black pepper (inglês).

Família

Piperaceae

Partes usadas

Bagas.

Usos tradicionais

Artrite, asma, aumento da biodisponibilidade de outras ervas, bronquites, catarro, ciática, circulação lenta ou estagnada cólica, congestionamento do muco, diarreia, dispepsia, dor de cabeça, dor de dente, dor de estômago, epilepsia, febres, flatulência (gases intestinais), gota, hemorroidas, inchaços, indigestão, laringite, lumbago, muco, náuseas, paralisia, resfriados, reumatismo, rinite, tosse, tumores abdominais, vermes, vertigem, vômitos.

Propriedades medicinais da Piper nigrum

Afrodisíaco (agentes químicos que estimulam o desejo sexual)
Analgésico (diminui ou suprime a dor)
Antibacteriano (impede ou inibe o desenvolvimento de bactérias)
Antiespasmódico (inibe a motilidade da musculatura visceral, prevenindo a ocorrência de espasmos no estômago, intestino, útero ou bexiga)
Anti-helmíntico (utilizado no tratamento de diferentes parasitoses)
Antimicrobiano (destrói ou impede o desenvolvimento de micróbios)
Antioxidante (inibe os efeitos da oxidação e combate os radicais livres)
Antisséptico (impede a contaminação e combate a infecção; inibe a proliferação de microrganismos presentes na superfície da pele e mucosa)
Aromático (possui odor acentuado e agradável)
Broncodilatador (relaxa o músculo bronquial e aumenta a passagem de ar pelos brônquios)
Carminativo (atua na redução dos gases intestinais)
Circulatório (estimula a circulação sanguínea)
Descongestionante (alivia a congestão e desobstrui as vias aéreas)
Diaforético (induz a transpiração profunda; sudorífero)
Digestivo (ajuda ou promove a digestão dos alimentos)
Diurético (atua no rim, aumentando o volume e o grau do fluxo urinário)
Expectorante (facilita a saída de secreções por via respiratória)
Rejuvenescedor (restaura o vigor e aparência, retardando o processo de envelhecimento)
Sialagogo (estimula a secreção da saliva; ptialagogo)

Fitoquímicos

Óleo essencial, beta-bisaboleno, beta-pineno, canfeno, eugenol, felandreno, limoneno, mirceno, miristicina, pineno, safrol, resina, alcaloides (piperina, piperidina, chavicina), proteína e cromo. Também contém cálcio, ferro e vitaminas A, B e C, dentre outras substâncias em quantidades menos significantes.

Contraindicações e efeitos colaterais

Grandes doses podem causar náuseas e distúrbios digestivos.

Curiosidades

Piper é um antigo nome latim que significa “planta”. É dito que Átila o Huno exigiu do Imperador Romano mais de uma tonelada de pimenta-preta durante o assédio que fez a Roma (408 d.C). A pimenta foi um dos primeiros artigos a serem comercializados e inclusive, incitou a navegação mundial.

Saiba mais

Pimenta-do-reino: benefícios e propriedades medicinais
Pimentas Medicinais

Referências:
Imagem: Scot Nelson.
Alchemy of Herbs: Transform Everyday Ingredients into Foods and Remedies That Heal.
[0 - Total 0]

Conteúdo Relacionado

Fazer um comentário

O Medicina Natural utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. OK