Chás usados para aliviar dores menstruais

Cólicas menstruais (dismenorreia)

Saiba mais sobre as propriedades de algumas ervas medicinais com propriedades antiespasmódicas e calmantes utilizadas para aliviar dores de cólicas menstruais.

Atualizado em 16/10/2022

Várias chás medicinais são preparadas tradicionalmente para aliviar dores causadas por cólicas menstruais. Os chás das ervas que relaxam os músculos são conhecidas como antiespasmódicas e contêm fitoquímicos que facilitam espasmos musculares e relaxam o útero. Muitas destes chás também possuem um suave efeito sedativo, acalmando os nervos ao mesmo tempo que aliviam as dores de cólicas menstruais.

Terapias alternativas para aliviar dores de cólicas menstruais

Terapias alternativas podem proporcionar um alívio significativo da dor. O uso da aromaterapia no tratamento natural da cólica menstrual por meio de massagens abdominais relaxantes, pode ter efeito benéfico para liberar a dor e a tensão do baixo ventre. Algumas das ervas aromáticas mais utilizadas para este fim são o gerânio, a camomila e o jasmim. Tais ervas podem ser usadas em forma de óleo de massagem, incenso ou serem adicionadas banhos de ervas. Vários chás para cólicas intestinais são conhecidos na fitoterapia.

Chás para aliviar dores menstruais

Conheça algumas ervas indicadas para o tratamento natural das cólicas menstruais:

Black cohosh

Cohosh-preto (black cohosh) - Cimicifuga racemosa

Cohosh-preto (black cohosh) – Cimicifuga racemosa

O black cohosh (Cimicifuga racemosa), conhecida no Brasil como cohosh-preto, é uma das plantas medicinais com maiores propriedades para a saúde da mulheres e também é muito utilizada para aliviar dores de cólicas menstruais, vez que possui poderosas propriedades antiespasmódicas.

Camomila

Camomila - Matricaria recutita

Camomila – Matricaria recutita

Na Inglaterra, a camomila é uma das ervas medicinais mais utilizadas para o tratamento da menstruação irregular. O chá de camomila contém um agente antiespasmódico muito forte que relaxa músculos tensos e alivia dores no corpo e dor pré-menstrual.

Erva cidreira

Erva-cidreira - Melissa officinalis

Erva-cidreira – Melissa officinalis

o chá de erva-cidreira é muito utilizado para aliviar os sintomas da dismenorreia. Um importante uso medicinal da erva-cidreira consiste em promover a menstruação e aliviar as dores durante o período menstrual.

Gengibre

Gengibre - Zingiber officinale

Gengibre – Zingiber officinale

O chá de gengibre direciona o sangue para a região pélvica e ajuda a aliviar os bloqueios pélvicos. Suas propriedades antiespasmódicas relaxam a musculatura lisa e, assim, ajudam a aliviar as cólicas menstruais.

Inhame selvagem

Inhame-selvagem - Dioscorea villosa

Inhame-selvagem – Dioscorea villosa

O inhame-selvagem (Dioscorea villosa) é conhecido por suas propriedades anti-inflamatórias e antiespasmódicas, o que a torna capaz de diminuir a dor menstrual, bem como a inflamação associada à endometriose, que leva ao tecido cicatricial. Contudo, como antiespasmódico, o inhame já foi utilizado com sucesso na cura da cólica biliar, sendo efetiva para reduzir as náuseas em mulheres grávidas. A planta também é valiosa para aliviar dores de cólica causadas por cólera, soluços e asma espasmódica.

Kava kava

Kava-kava - Piper methysticum

Kava-kava – Piper methysticum

O kava kava (Piper methysticum) possui fitoquímicos chamado kavaloactones, que aliviam o estresse e influem no relaxamento dos músculos. O kava kava também possui uma propriedade curiosa para o trato gênito urinário, especialmente em mulheres, relaxando o útero e tornando-o especialmente útil contra cólicas menstruais.

Viburno

Viburno - Viburnum prunifolium

Viburno – Viburnum prunifolium

A casca do viburno (Viburnum prunifolium) contém pelo menos quatro fitoquímicos que facilitam o relaxamento de cólicas uterinas. O viburno é útil para relaxar o útero, tratar cólicas uterinas e dismenorreia. Diversas pesquisas também apontam o componente como excelente método de tratamento alternativo para a chamada inflamação uterina crônica, pois, gera uma série de ações relaxantes no útero, bem como auxilia na circulação de substâncias eliminando toxinas e garantindo a saúde uterina geral.

Outros chás e ervas medicinais úteis para aliviar os sintomas das cólicas menstruais

Outras ervas medicinais também são utilizadas na medicina alternativa para aliviar dores de cólicas menstruais, incluindo o açaí (Euterpe oleracea), babosa (Aloe vera) cohosh-azul (Caulophyllum thalictroides), Dong quai (Angelica sinensis), peônia (Paeonia officinalis), verbena (Verbena officinalis) e o agnoscasto (Vitex agnus castus).

Referências:
Borrelli, F., A. A. Izzo, and E. Ernst. “Pharmacological effects of Cimicifuga racemosa.” Life Sciences 73.10 (2003): 1215-1229.
BORRELLI, Francesca; ERNST, Edzard. Cimicifuga racemosa: a systematic review of its clinical efficacy. European Journal of Clinical Pharmacology, v. 58, n. 4, p. 235-241, 2002.
JARRY, Hubertus et al. In vitro effects of the Cimicifuga racemosa extract BNO 1055. Maturitas, v. 44, p. S31-S38, 2003.
Wheatley, David. “Medicinal plants for insomnia: a review of their pharmacology, efficacy and tolerability.” Journal of psychopharmacology 19.4 (2005): 414-421.
Wild Yam Root – Benefits and Side Effects. Herbal Resource.
Wild Yam Benefits. Herbs Wisdow.
GENERIC NAME: WILD YAM (Dioscorea villosa) – ORAL. Medicine.Net.
Komesaroff, P. A., et al. “Effects of wild yam extract on menopausal symptoms, lipids and sex hormones in healthy menopausal women.” Climacteric 4.2 (2001): 144-150.
Dietz, Birgit M., et al. “Botanicals and their bioactive phytochemicals for women’s health.” Pharmacological reviews 68.4 (2016): 1026-1073.
Cometa, Maria Francesca, et al. “In vitro relaxant and spasmolytic effects of constituents from Viburnum prunifolium and HPLC quantification of the bioactive isolated iridoids.” Journal of ethnopharmacology 123.2 (2009): 201-207.