Tynnanthus fasciculatus (CIPÓ-CRAVO; CLOVE VINE)

TYNNANTHUS FASCICULATUS

Nomes populares

Cipó-cravo, cipó-trindade, clove vine (inglês).

Sinônimos botânicos

Tynanthus fasciculatus Miers.

Família

Bignoniaceae

Partes usadas

Toda a planta.

Usos tradicionais

Artrite, artrose, dores abdominais, falta de libido, gases intestinais, gastrite, inchaços, infertilidade, impotência sexual, parasitas, má digestão, vermes intestinais.

Propriedades medicinais da Tynnanthus fasciculatus

Afrodisíaco (agentes químicos que estimulam o desejo sexual)
Analgésico (diminui ou suprime a dor)
Anti-helmíntico (utilizado no tratamento de diferentes parasitoses)
Antirreumático (previne ou trata o reumatismo, doença caracterizada por dor articular ou por outras alterações dos músculos e ossos)
Digestivo (ajuda ou promove a digestão dos alimentos)
Estimulante (produz um aumento temporário da atividade funcional de um organismo ou de qualquer parte dele)

Preparações

Chá, tintura.

Contraindicações e efeitos colaterais

Não existem contraindicações identificadas para a Tynnanthus fasciculatus, contudo, é fundamental que um médico seja consultado caso o usuário sinta efeitos adversos ou apresente alguma condição especial de uso de medicamentos ou doenças crônicas. Mulheres grávidas e lactantes também não devem consumir nenhum produto sem orientação, assim como crianças e pessoas com problemas cardíacos, diabéticos e hipertensos. A alta concentração de taninos pode representar um risco em seu consumo, contudo, estudos adicionais são necessários.

Fitoquímicos

O cipó-cravo possui flavonoides, heterosídeos cardiotônicos e taninos.

Curiosidades

– O cipó-cravo é considerado um poderoso estimulante sexual natural, vez que aumenta o fluxo sanguíneo na região dos órgãos genitais. Nos homens, isso significa uma ereção mais duradoura e potente. No caso das mulheres, os efeitos incluem aumento da libido e maior intensidade no desejo sexual.

Saiba mais

Chá de cipó-cravo: benefícios e propriedades medicinais

Referências:
Melo, Fabiana, et al. “The effects of Tynnanthus fasciculatus (Bignoniaceae) infusion on testicular parenchyma of adult Wistar rats.” Biological research 43.4 (2010): 445-450.
Carvalho, Camilo, et al. “Cipó-cravo (Tynnanthus fasciculatus Miers–Bignoniaceae): estudo fitoquímico e toxicológico envolvendo Artemia salina.” Revista Eletrônica de Farmácia 6.1 (2009).
Amorim, A., H. R. Borba, and L. M. Amano. “Ação anti-helmíntica de plantas IV. Influência da casca do caule de cipó-cravo (Tynnanthus fasciculatus Miers; Bignoniaceae) na eliminação de Vampirolepis nana e de oxiurídeos em camundongos.” Rev. Bras. Farm 72.4 (1991): 92-94.

Comentários

Comentar

QUER MAIS ?

Você pode se interessar por algumas de nossas publicações mais populares. Para isso, é só clicar em algum dos links abaixo para acessar gratuitamente:

(CLIQUE NO TÍTULO PARA ACESSAR)

Você também pode aproveitar e usar o nosso cupom MEDICINA10 para ganhar 10% de desconto em mais de 300 produtos naturais selecionados!  

Medicina Natural
Folhas