Tomilho: benefícios e propriedades medicinais

O tomilho (Thymus vulgaris) é uma planta medicinal também conhecida como tomilho-de-jardim e tomilho-selvagem (Thymus serpyllum). Pertence à família Lamiaceae.

Benefícios do tomilho

O tomilho é um ingrediente muito utilizado na culinária mediterrânea e grega e possui diversos usos terapêuticos. O chá de tomilho possui propriedades sedativas que ajudam a reduzir ansiedade, fadiga e depressão, além de ser rico em óleos voláteis, minerais, fenóis e flavonoides. Os seus fitoquímicos relaxam o trato digestivo e brônquios, beneficiando pessoas com congestão no peito e indigestão. O óleo de tomilho já demonstrou forte atividade antibacteriana e antioxidante, além de proporcionar alivio à dores no corpo, incluindo juntas artríticas.

Na medicina popular, é usado em forma de líquido para limpeza bucal, evitar a perda de dentes, laringites, feridas de boca, formação de placa bacteriana, dor de garganta, amigdalite e má-respiração. Compressas para congestão pulmonar, incluindo asma, bronquites, resfriados e gripe. Cataplasma para feridas e mastite. Lavagem para infecções fungosas como pé-de-atleta e lombriga, além de piolhos e sarnas. Ducha para candidíase. Compressas para contusões. Colírio para olhos doloridos e enxaguante de cabelo para caspa. Pomada para acne, marcas, queimaduras e feridas. Usada como erva de banho para músculos doloridos, artrite e resfriados. O óleo essencial é acrescentado a sabões e inalações antidepressivas, óleos de massagem para músculos doloridos, reumatismo e ciática, além de ser aplicado diretamente a verrugas.

Carvacrol e timol

O timol, um dos componentes presentes no óleo do tomilho, além de ser um poderoso antioxidante, ajuda a aumentar a quantidade de ácidos graxos ômega-3 e gorduras saudáveis nas células cerebrais. Um estudo da Biochemical and Biophysical Research descobriu que o óleo essencial ajuda a proteger o organismo contra mudanças relacionadas ao avanço da idade nas células cerebrais de ratos.

O Thymus vulgaris é composto de óleo essencial (borneol, carvacrol, cymol, linalol, timol), princípio amargo, tanino, flavonoides (apigenina, naringenina, luteolina e thymonin), saponinas e ácidos terpênicos. O timol e o carvacrol têm efeito relaxante nos músculos lisos da área gastrointestinal.

Uso na culinária

Na culinária, o tomilho é acrescentado a sopas, guisados, legumes, galinhas, saladas de frutas, quiabos e licor Beneditino. Auxilia na digestão de comidas com alto teor de gorduras e calorias. Ajuda a preservar carnes.

Contraindicações e efeitos colaterais do tomilho

Não deve ser utilizado durante a gravidez. Como a maioria dos óleos essenciais, deve ser diluído antes de ser aplicado à pele.

História e curiosidades

O nome de gênero, Thymus, é derivado da palavra grega “thymon”, que significa “coragem”, vez que a mesma era usada como erva de banho por soldados romanos para lhes proporcionarem coragem. O nome dado ao tomilho-selvagem (serpyllum) é devido ao fato de que antigamente ele havia sido usada usada para tratar mordidas de cobras venenosas e criaturas do mar, além de ter sido queimado como um incenso para intimidar escorpiões. A erva já foi usada para embalsamar e o óleo essencial foi usado durante a Primeira Guerra Mundial para tratar infecções e ajudar a aliviar a dor.

ESTIMULANTE SEXUAL MASCULINO PREMIUM Libiforce Man 800mg
CÁLCIO, MAGNÉSIO, VITAMINA D E ZINCO ZMA 3D
ANTISSÉPTICO / ALIVIA DORES / INFECÇÕES Óleo de Copaíba (Solução de 30ml)
TRATA ARTRITE, DORES E INFLAMAÇÕES Composto Anti-Inflamatório
REMÉDIO NATURAL PARA ELIMINAR PEDRAS NOS RINS Dissol 150ml
Referências:
University of Maryland Medical Center: Cough.
Natural Products Communications; Comparison of Volatile Constituents, and Antioxidant and Antibacterial Activities of the Essential Oils of Thymus Caucasicus, T. Kotschyanus and T. Vulgaris; S. Asbaghian, et al.

Comentários

2 Comentários

  1. SUELI BARBOSA

    Planta que tira as dores de nervos ciático e também as dores das pernas. Sofro muito com estes dores. Ha até tomei Traumol, fiquei mais doente. Atacou minha labiritinte. O que devo fazer?

Comentar