Alimentos e chás que ajudam a curar a ressaca

Ressaca

Pessoas que gostam de ingerir grandes quantidade de bebidas alcoólicas devem ficar atentas a algumas dicas úteis para evitar uma ressaca.

Atualizado em 17/02/2022

A ressaca é uma terrível sensação que sentimos geralmente no dia seguinte após consumir grande quantidade de bebidas alcoólicas. Tais sensações pode se traduzir em fortes dores de cabeça, mal-estar, enjoos, náuseas, fraqueza e desidratação.

O que é a ressaca?

A ressaca é uma resposta natural do nosso organismo ao excesso causado pelo consumo de álcool, vez que vários órgãos do nosso corpo precisam aumentar a carga de trabalho para eliminá-lo. Nesse processo, o fígado é o mais sobrecarregado, vez que é o órgão responsável por produzir enzimas que irão absorver o etanol.

Mesmo depois do álcool ter sido eliminado do organismo, o fígado ainda continua o processo e as enzimas acumuladas atrapalham o funcionamento do metabolismo e o sistema nervoso, causando desequilíbrio e provocando desidratação, diarreia e dor de cabeça. Estudos indicaram que os homens têm enzimas mais eficientes para quebra do álcool do que as mulheres, o que faz com que as mulheres sofram mais do que os homens com a ressaca. Aqueles que gostam de beber devem ficar atentos a algumas dicas úteis para evitar uma possível ressaca.

Chás

Chás medicinais

Chás medicinais

Alguns chás podem acelerar o processo de purificação das toxinas do álcool que estiverem no corpo. O chá-verde, a erva-cidreira e a erva-picão são alguns dos chás que promovem a limpeza do organismo de forma saudável e natural. O chá de boldo, por exemplo, ajuda a eliminar toxinas do fígado e age como um detox.

FIGAPRO

Figapro é o suplemento alimentar mais utilizado no Brasil para auxiliar a eliminar gordura do fígado e melhorar o funcionamento do sistema digestivo.

Ingerir água e sucos naturais evitam a ressaca

Os cuidados devem ser tomados algumas horas antes de uma possível bebedeira, alimentar-se bem e beber bastante água são as principais precauções. Aliás, a água deve estar presente até mesmo entre a ingestão de bebidas alcoólicas, dessa forma é evitado a desidratação que é a principal causa da ressaca. O álcool possui uma potente ação diurética, isso faz com que urinamos mais do que o normal e eliminamos sais minerais importantes para o bom funcionamento do organismo. Duas ótimas opções para hidratar-se antes, durante e após a bebida são com sucos naturais, ricos em vitamina C e com água de coco, rica em potássio, ambos repõem os sais minerais perdidos.

Alimentos com gorduras saudáveis e carboidratos complexos

Combinar petiscos com a bebida mantém o estômago cheio, consequentemente o consumo de álcool diminui. Escolha alguns carboidratos e gorduras saudáveis que facilitam a digestão do álcool, como as castanhas, amendoim, torradas, e alguma proteína, como por exemplo carne e queijos brancos. Evite frituras e molhos, esses podem atrapalhar o fígado a processar as toxinas.

Contudo, a alimentação antes de iniciar a ingestão de bebidas alcoólicas é que vai influenciar a intensidade ou o aparecimento ou não da ressaca. A alimentação leve, rica em frutas, vegetais e líquidos amenizam os efeitos. Inclua no cardápio carboidratos complexos, como pães e frutas como o morango, que protegem a mucosa estomacal dos danos causados pela bebida. Caso esses cuidados não foram tomados, durante a ressaca o consumo de água deve ser dobrado e a quantidade de carboidrato deve ser aumentada. O segredo para evitar a ressaca está na boa alimentação, na escolha dos alimentos e na hidratação adequada.

Referências:
Ressaca – o que é, como evitar e como curar. Brejas
Por que ficamos de ressaca? Super Interessante.
Ação e efeito do álcool. Dr. Drauzio Varela.