Alopecia feminina: causas e tratamento natural

As mulheres consideram a alopecia feminina (alopecia androgenética ou calvície feminina), um problema grave de queda de cabelo, vez que o estilo do cabelo é um componente importante que reforça a beleza e autoestima.

Causas da alopecia feminina

Ao contrário da calvície masculina, que afeta a maior parte da população de homens adultos acima de 60 anos e já é considerada uma situação aceitável e muitas vezes inevitável, a calvície feminina pode trazer graves danos físicos e principalmente psicológicos à mulher e, portanto, a busca rápida de um tratamento eficaz para curar a calvície feminina pode ser muito importante para estimular novamente o crescimento dos cabelos. A contrário dos homens, que tendem a ter o cabelo recuado a partir da testa ou na coroa da cabeça, as mulheres costumam notar um aparate na metade superior do couro cabeludo.

De acordo com a Academia Americana de Dermatologia, a maioria das pessoas perde em média de 50 a 100 fios de cabelo por dia. Nos dias em que o cabelo é lavado, essa quantidade pode chegar a 250 fios, contudo, a falta de lavagem não evita a queda do cabelo. Uma grande quantidade de fios de cabelo no travesseiro ao acordar pode ser um indício de que está ocorrendo uma queda acentuada de cabelo. Outra forma é observar a quantidade de fios que ficam no pente ao pentear o cabelo.

Fatores causadores da alopecia feminina

Muitos fatores diferentes podem influenciar no aparecimento da alopecia feminina: estresse físico e psicológico, existência de alguma infecção bacteriana ou fúngica no couro cabeludo, uso de contraceptivos orais e alguns remédios para pressão arterial, medicamentos na quimioterapia ou em situações de hipotireoidismo ou hipertireoidismo, falta de nutrição adequada, alterações hormonais pós-parto ou durante a menopausa, uso excessivo de tinturas e outros produtos para cabelo com fortes componentes químicos, algumas cirurgias e outros procedimentos cirúrgico, diabetes e outras doenças também podem resultar na queda de cabelos em mulheres e aparecimento da alopecia feminina.

Tratamento natural para alopecia feminina

Caso a raiz do problema seja encontrada rapidamente o crescimento do cabelo seja estimulado, há grandes chances de sucesso no tratamento da calvície feminina. Caso o afinamento dos fios de cabelo e a calvície permanente ocorre em casos hereditários ou decorrentes de problemas com hormônios, os tratamentos podem demorar certo tempo para fazer efeito.

Existem várias opções de tratamento para reduzir os efeitos da alopecia feminina. A maioria dos produtos inibe a produção do hormônio andrógeno chamado dihidrotestosterona (DHT), vez que a queda de cabelo se desenvolve quando o nível de dihidrotestosterona no couro cabeludo é muito alto. A DHT se liga aos folículos pilosos, diminuindo a quantidade de nutrientes extraídos do sangue. Os folículos gradualmente diminuem o crescimento e o cabelo se torna mais fino e, caso essa condição não for tratada, o cabelo tende a desaparecer completamente.

Polivitamínicos

Uma boa dieta é muito importante para a saúde do cabelo e pode interferir diretamente no crescimento do cabelo e a deficiência de vitaminas pode interferir diretamente neste processo. Os cabelos devem receber certas doses de vitaminas e minerais para manter os folículos saudáveis no couro cabeludo. A má nutrição pode fazer com que a qualidade dos cabelos diminuía e os cabelos parem de crescer adequadamente. O consumo de frutas e vegetais frescos é benéfico para a saúde dos cabelos. Quantidades adequadas de vitaminas A, B, C e E desempenham um papel importante em manter o cabelo forte e saudável.

Vitamina B

Alguns shampoos podem fortalecer o couro cabeludo, sobretudo os que contém vitamina B, que proporciona um brilho saudável aos fios e fornece as proteínas necessárias para o crescimento saudável do cabelo. Deve-se evitar esfregar o shampoo no couro cabeludo. Ao invés disso, é recomendado massagear suavemente o couro cabeludo. Massagens no couro cabeludo podem ajudar a estimular a circulação sanguínea nos mesmos, fazendo com que vitaminas e minerais cheguem diretamente ao couro cabelo para nutrir as raízes do cabelo.

Cuidados com o cabelo

O uso de condicionadores também é indicado. Quando for tingir o cabelo fino, é recomendado escolher uma sombra que está perto de cor natural do cabelo. Quanto menos contraste entre o cabelo e couro cabeludo, melhor. Também deve-se evitar o clareamento, vez que a dramática mudança de cor exige mais produtos químicos, que podem prejudicar os fios e acentuar a queda do cabelo.

Comentários

Comentar