Fo-Ti (He Shou Wu): o uso na Medicina Tradicional Chinesa

Polygonum multiflorum - FO-TI

Conheça os benefícios, efeitos colaterais, indicações e propriedades medicinais da Polygonum multiflorum, planta medicinal também conhecida como fo-ti.

Atualizado em 27/12/2023

A Polygonum multiflorum) é uma planta medicinal de origem chinesa com propriedades que estimulam o antienvelhecimento e a longevidade, sendo também conhecida como fo ti, foti, polígono, Ho Shu Wu (China) e fleeceflower (inglês). Inclui o sinônimo botânico Fallopia multiflora. Graças as suas propriedades estimulantes, a erva é usada pelos chineses para melhorar a vida sexual. Além disso, ela apresenta características que aumentam a fertilidade. A parte que concentra as propriedades da planta é a sua raiz, contudo, o caule e as flores também podem ser aproveitados.

Benefícios do fo-ti

A raiz da fo-ti é rica em minerais como ferro e zinco, além de possuir uma alta quantidade de antioxidantes, combinação que a torna conhecida pelas as suas propriedades antienvelhecimento. Segundo estudos, há um aumento da atividade antioxidante celular e seus extratos são capazes de destruir o superóxido dismutase, afirmando sua ação contra o fotoenvelhecimento da pele. O extrato da raiz possui também ação afrodisíaca, antifúngica, antibacteriana, analgésica, antiespasmódica, anti-inflamatória, diurética e relaxante.

Benefícios da Fo-Ti: alívio dos sintomas da menopausa, saúde do coração e tratamento de tumores

Polygonum multiflorum - FO-TI

Polygonum multiflorum – FO-TI

Pesquisas recentes destacam os benefícios notáveis da Fo-Ti, uma erva tradicional na medicina chinesa, especialmente no auxílio ao tratamento de tumores, tanto benignos quanto malignos. Este poderoso fitoterápico também desempenha um papel crucial na redução da acidez estomacal, níveis de colesterol, alívio da constipação, além de contribuir para o controle do diabetes e amenizar problemas renais, cólicas e vertigens. Interessantemente, a Fo-Ti é conhecida por estimular a produção de estrógeno no corpo, oferecendo alívio significativo dos sintomas da menopausa nas mulheres. Adicionalmente, sua utilização é benéfica para a saúde cardíaca, uma vez que ela ajuda a prolongar a contração dos batimentos cardíacos, fortalecendo assim o músculo cardíaco.

Chá de fo-ti

A raiz de fo-ti é encontrada em pó, fatias secas, tinturas ou comprimidos em ervanarias e lojas de produtos naturais. A melhor forma de consumir a erva é através da decocção, extração de princípios ativos com o auxílio da ebulição e pode ser realizada da seguinte maneira:

  • Misture 1 colher da raiz em pó e 300ml de água.
  • Cozinhe esta mistura em fogo lento por 20 minutos.
  • Retire do fogo e deixe esfriar.
  • Coe e beba a mistura três vezes ao dia.

Contraindicações e efeitos colaterais da fo-ti

Geralmente a fo-ti não apresenta contraindicações para quem a consome. São pequenos os casos de reações adversas. As principais verificadas são distúrbios gastrointestinais e brotoejas em pessoas mais sensíveis. Seu uso em excesso pode causar diarreia e enfraquecimento dos membros. O uso é contraindicado para gestantes e lactantes.

História e curiosidades

A Polygonum multiflorum é uma erva trepadeira encontrada nas regiões centrais e do sul da China, que pode alcançar até 30 metros de altura. A foti é cercada de lendas, sendo uma das opções naturais mais conhecidas para quem busca longevidade e fertilidade. O termo em chinês Ho Shou Wu significa “homem de cabelo preto”, em função de uma lenda local que alega que um homem de cabelos brancos após o uso da raiz ficou com os seus cabelos pretos. A planta faz parte da família Polygonaceae.

Referências:
Bounda, Guy-Armel, and Y. U. Feng. “Review of clinical studies of Polygonum multiflorum Thunb. and its isolated bioactive compounds.” Pharmacognosy research 7.3 (2015): 225.
20 Health Benefits of Polygonum Multiflorum or Fo-ti.
He shou wu: a erva chinesa da fertilidade e da longevidade. Epoch Times.
The Way of Chinese Herbs.
Herbs: The Visual Guide to more than 700 Herb Species from around the World: p. 206,
New Encyclopedia of Herbs and Their Uses: Page 212-213.