Zea mays (MILHO)

ZEA MAYS

Nomes populares

Milho, abati, avati, auati, corn, corn silk (inglês).

Sinônimos botânicos

Zea diploperennis, Zea luxurians, Zea mays ssp huehuetenangensis, Zea mays ssp. mays, Z.m. mexicana, Z.m ssp. parviglumis, Zea nicaraguensis e Zea perennis.

Família

Poaceae

Partes usadas

Casca, estames e estigmas do milho (propriedades medicinais concentradas), grão.

Usos tradicionais

Artrite, cistite, edema, gota, hipertensão, icterícia, incontinência urinária, infecções urinárias, pedras no rim, prostatite, uretrite.

Propriedades medicinais da Zea mays

Antiespasmódico (inibe a motilidade da musculatura visceral, prevenindo a ocorrência de espasmos no estômago, intestino, útero ou bexiga)
Anti-inflamatório (combate a inflamação nos tecidos)
Colagogo (contrai a vesícula biliar e estimula a evacuação da bílis para o intestino, facilitando a digestão de alimentos gordurosos)
Demulcente (protege as membranas mucosas e alivia as irritações)
Diurético (atua no rim, aumentando o volume e o grau do fluxo urinário)
Emenagogo (aumenta o fluxo menstrual ou provoca menstruação)
Galactagogo (substância medicamentosa ou alimentar que favorece a secreção láctea)

Preparações

Culinária.

Contraindicações e efeitos colaterais

O milho é seguro para a maioria das pessoas. Em raros casos, o milho pode reduzir os níveis de potássio no organismo e causar alergias, erupções cutâneas e prurido.

Fitoquímicos

O milho é composto de ácido maizenico, vitamina K, mucilagem, saponinas, alantoína e tanino zeina, vitaminas A, B1, B2, e C, albumina, sais minerais, ácidos málico, proteínas, tatárico e maizênico, maltose, alantoína, oxigenasse hordenina e peroxidade Também possui zinco, ferro, potássio, sais minerais e fósforo.

Curiosidades

– O nome de gênero Zea quer dizer “causa da vida” e muitas espécies são nomeadas com mays, que significa “a mãe”.

– Segundo registros históricos, a milho é de origem mexicana é usada há milênios por povos nativos. Evidências científicas apontam que o milho começou a ser usado por volta de 7.500 a 12.000 anos atrás. Estudos apontam, ainda, que ele começou a ser usado na região Mesoamericana.

Saiba mais

Milho: benefícios e propriedades medicinais

Referências:
Milho. BATISTA, L. A. R. Em colaboração com o Centro Nacional de Pesquisa de Milho e Sorgo (CNPMS), o CPAC conduziu três ensaios de competição de cultivares de m. normal, como parte do conjunto de Ensaios Nacionais, na última estação chuvosa. Planaltina: EMBRAPA-CPAC, v.1, p.93-94, 1976. Embrapa Pecuária Sudeste.
The German Commission. Herbs. ZP.

Comentários

Comentar