Pfaffia paniculata (GINSENG-BRASILEIRO; GINSENG-DO-BRASIL)

PFAFFIA PANICULATA

Nomes populares

Ginseng-brasileiro, ginseng-do-Brasil, ginseng-da-Amazônia, cenoura-brasileira, corango, para-todo, pfafia, sempre viva, suma, brazilian ginseng (inglês)

Família

Amarantheaceae

Partes usadas

Raízes e rizomas.

Usos tradicionais

AIDS (HIV), anemia, bronquites, câncer, candidíase, diabetes, esclerose múltipla, hipoglicemia, tensão, tuberculose, tumores, vírus de Epstein-barr.

Propriedades medicinais da Pfaffia paniculata

Adaptógeno (medicamento que aumenta a atenção e resistência à fadiga, além de reduzir os prejuízos e transtornos relacionados ao estresse)
Afrodisíaco (agentes químicos que estimulam o desejo sexual)
Analgésico (diminui ou suprime a dor)
Anticancerígeno (previne ou combate ao câncer)
Anti-inflamatório (combate a inflamação nos tecidos)
Antirreumático (previne ou trata o reumatismo, doença caracterizada por dor articular ou por outras alterações dos músculos e ossos)
Demulcente (protege as membranas mucosas e alivia as irritações)
Imunoestimulante (estimula ou reforça o sistema imunológico ou reações imunológicas)

Preparações

Cápsulas, chá, extrato.

Contraindicações e efeitos colaterais

Quando consumido em excesso, pode causar sintomas negativos à saúde, tais como como pressão alta, diarreia, nervosismo, erupções na pele e insônia. Mulheres gestantes e lactantes devem consultar o seu médico antes de usar ginseng-brasileiro.

Fitoquímicos

O ginseng-brasileiro é composto de saponinas (nortriterpenos e pfaffosidas), sitosterol, estigmasterol, alantoína, sesquiterpenos, polifenóis, germânio.

Curiosidades

– O ginseng-brasileiro é um grande aliado no tratamento da impotência, distúrbios hormonais e sintomas da síndrome pré-menstrual.

– Uma pesquisa realizada no Japão demonstrou inclusive que a Pfaffia paniculata inibe alguns tipos de células cancerosas.

Saiba mais

Ginseng-brasileiro: benefícios e propriedades medicinais

Referências:
Arletti, R., et al. “Stimulating property of Turnera diffusa and Pfaffia paniculata extracts on the sexual behavior of male rats.” Psychopharmacology 143.1 (1999): 15-19.
Matsuzaki, P., Akisue, G., Oloris, S. C. S., Górniak, S. L., & Dagli, M. L. Z. (2003). Effect of Pfaffia paniculata (Brazilian ginseng) on the Ehrlich tumor in its ascitic form. Life sciences, 74(5), 573-579.
Nagamine, Marcia Kazumi, et al. “Cytotoxic effects of butanolic extract from Pfaffia paniculata (Brazilian Ginseng) on cultured human breast cancer cell line MCF-7.” Experimental and toxicologic pathology 61.1 (2009): 75-82.

Comentários

Comentar