Produtos naturais para tratar menopausa

Produtos naturais para menopausa

Conheça alguns produtos naturais que podem ajudar no tratamento dos sintomas da menopausa, incluindo a redução dos calores.

Atualizado em 24/06/2024

A menopausa é a cessação natural da menstruação decorrente de mudanças fisiológicas e hormonais no corpo das mulheres maduras e geralmente ocorre por volta dos 45 anos de idade. Em algumas mulheres, a menopausa ocorre de forma tranquila, quase sem distúrbios, já em outras, os transtornos são tantos e tão fortes que chegam a ser confundidos com sintomas de enfermidades graves.

Quais são os sintomas mais comuns da menopausa?

Em muitos casos, a menopausa causa os seguintes efeitos no corpo da mulher:

  • Ansiedade;
  • Calores da menopausa (sensação de calor);
  • Depressão;
  • Excitabilidade;
  • Falta de ar;
  • Irritabilidade.

Outros sintomas que a menopausa pode causar incluem o aumento da sensibilidade da mama e caroços, cansaço, diminuição da mobilidade articular, insônia, perda da densidade óssea, prisão de ventre, redução do desejo sexual, ressecamento da pele, secura vagina, suores noturnos, vermelhidão na pele, dentre outros sintomas.

Produtos naturais para o tratamento da menopausa

O tratamento para aliviar os sintomas pode ser feito através da reposição hormonal sob indicação do ginecologista, mas também pode ser realizado de forma natural com o uso de fitoterápicos e suplementos alimentares.

Amora

Amora - Rubus spp

Amora – Rubus spp

A amora é rica em fitoestrogênios, compostos que mimetizam a ação dos estrogênios no corpo. Além disso, ajuda a aliviar sintomas como ondas de calor e suores noturnos. Estudos indicam que o consumo de amora pode melhorar o equilíbrio hormonal durante a menopausa. Recomenda-se consumir amora fresca ou em forma de suplemento. Contudo, é importante seguir a dosagem recomendada para evitar efeitos adversos.

Black Cohosh (Cohosh Negro)

Cohosh-preto (black cohosh) - Cimicifuga racemosa

Cohosh-preto (black cohosh) – Cimicifuga racemosa

O cohosh negro é uma erva amplamente utilizada para aliviar sintomas da menopausa, como ondas de calor e suores noturnos. Além disso, possui propriedades anti-inflamatórias que ajudam a reduzir dores musculares e articulares. Estudos mostram que o consumo de cohosh negro pode melhorar significativamente a qualidade de vida durante a menopausa. Recomenda-se tomar cohosh negro em cápsulas ou extrato líquido. Contudo, a consulta com um profissional de saúde é essencial para ajustar a dosagem.

FIGAPRO

Figapro é o suplemento alimentar mais utilizado no Brasil para auxiliar a eliminar gordura do fígado e melhorar o funcionamento do sistema digestivo.

Dong Quai

Dong quai (ginseng feminino) - Angelica sinensis

Dong quai (ginseng feminino) – Angelica sinensis

O dong quai é uma erva tradicional chinesa conhecida por equilibrar os hormônios femininos. Além disso, ajuda a aliviar sintomas de menopausa como secura vaginal e alterações de humor. Estudos indicam que o consumo de dong quai pode melhorar a saúde reprodutiva e o bem-estar geral. Recomenda-se consumir dong quai em forma de chá ou suplemento. Contudo, é importante monitorar a dosagem para evitar interações com medicamentos.

Ginseng-Brasileiro

Ginseng-brasileiro - Pfaffia paniculata

Ginseng-brasileiro – Pfaffia paniculata

Também conhecido como Pfaffia, o ginseng-brasileiro possui cerca de 150 substancias ativas e propriedades semelhantes ao ginseng-coreano (Panax ginseng), podendo auxiliar no tratamento dos sintomas e beneficiar a mulher. Suas propriedades ajudam a elevar a energia, resistência e vitalidade, além de aliviar a secura vaginal. O ginseng é uma erva adaptogênica que ajuda a combater a fadiga e a melhorar a energia. Além disso, possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes que beneficiam a saúde geral. Estudos indicam que o consumo de ginseng pode melhorar o humor e a qualidade de vida durante a menopausa. Recomenda-se consumir ginseng em forma de chá ou cápsulas.

Hipérico

Chá de hipérico - Hypericum perforatum

Chá de hipérico – Hypericum perforatum

A erva-de-são-joão é conhecida por suas propriedades antidepressivas e ansiolíticas. Além disso, ajuda a melhorar o humor e a reduzir a ansiedade durante a menopausa. Estudos mostram que o consumo de erva-de-são-joão pode aliviar sintomas de depressão e insônia. Recomenda-se tomar erva-de-são-joão em cápsulas ou chá. Contudo, é essencial evitar o uso concomitante com antidepressivos prescritos.

Isoflavona de Soja

Soja - Glycine max

Soja – Glycine max

A soja é rica em isoflavonas, compostos que atuam como estrogênios naturais. Além disso, ajuda a aliviar sintomas como ondas de calor e secura vaginal. Estudos mostram que o consumo de soja pode melhorar a saúde óssea e cardiovascular durante a menopausa. Recomenda-se consumir soja em alimentos como tofu e leite de soja ou em suplementos. Contudo, a consulta com um profissional de saúde é recomendada para ajustar a dosagem. Com estrutura química similar ao estrogênio ovariano, a isoflavona age no organismo da mesma maneira que o hormônio feminino.

Maca-Peruana

Raiz de maca peruana

Raiz de maca peruana

A maca-peruana equilibra os hormônios, estabiliza as irregularidades menstruais, melhora a fertilidade e reduz os sintomas da menopausa, incluindo as ondas de calor, falta de libido, perda de energia, secura vaginal e suores noturnos. Além disso, estimula os níveis de estradiol, suprime o hormônio folículo estimulante e aumenta o colesterol bom. Também é conhecida por equilibrar os hormônios e aumentar a energia. Além disso, ajuda a aliviar sintomas como ondas de calor, suores noturnos e baixa libido.

Sálvia

Sálvia - Salvia officinalis

Sálvia – Salvia officinalis

A sálvia é uma erva que ajuda a reduzir ondas de calor e suores noturnos. Além disso, possui propriedades antioxidantes que protegem as células contra danos. Estudos indicam que o consumo de sálvia pode melhorar a memória e a concentração durante a menopausa. Recomenda-se consumir sálvia em forma de chá ou cápsulas. Contudo, é essencial seguir a dosagem recomendada para evitar efeitos adversos.

Trevo Vermelho

Trevo-vermelho - Trifolium pratense

Trevo-vermelho – Trifolium pratense

O trevo vermelho contém fitoestrogênios que ajudam a equilibrar os hormônios femininos. Além disso, alivia sintomas como ondas de calor e suores noturnos. Estudos indicam que o consumo de trevo vermelho pode melhorar a densidade óssea e a saúde cardiovascular. Recomenda-se consumir trevo vermelho em forma de chá ou cápsulas. Contudo, é importante seguir a dosagem recomendada para evitar possíveis interações medicamentosas.

Vitex-Agnocasto

Vitex-agnus-castus - AGNOCASTO

Vitex-agnus-castus – AGNOCASTO

O vitex, também conhecido como agnocasto, é utilizado para equilibrar os hormônios femininos. Além disso, ajuda a aliviar sintomas de menopausa como alterações de humor e dor nas mamas. Estudos mostram que o consumo de vitex pode melhorar a saúde reprodutiva e o bem-estar geral. Recomenda-se tomar vitex em cápsulas ou extrato líquido. Contudo, a consulta com um profissional de saúde é essencial para ajustar a dosagem.

Referências
Liske, Elisabeth. “The effects of extracts of black cohosh on the proliferation of estrogen receptor-positive human breast cancer cells.” Breast Cancer Research and Treatment 63.3 (2000): 237-243.
Duhan, Nirmal, et al. “Effect of soybean extract on menopausal symptoms in postmenopausal women: a double-blind randomized placebo-controlled trial.” Indian Journal of Pharmacology 44.6 (2012): 702-706.
van der Sluijs, Caroline P., et al. “The efficacy of St. John’s Wort for the treatment of premenstrual syndrome: a randomized, double-blind, placebo-controlled trial.” CNS Drugs 31.5 (2017): 409-420.
Piersen, Colleen E., et al. “A safety and efficacy trial of a combination isoflavone soy protein supplement and a mixed phytochemical extract for menopausal symptoms.” Menopause 18.7 (2011): 811-819.
Cañigueral, Sergi, et al. “Pharmacology and clinical use of Salvia officinalis L.” Phytotherapy Research 26.8 (2012): 1175-1184.
Friedenthal, Alexander, et al. “The effect of red clover on hot flash frequency in postmenopausal women: a systematic review and meta-analysis.” Maturitas 75.2 (2013): 120-126.
Harding, Kirsten, et al. “Ginseng for cognition.” Cochrane Database of Systematic Reviews 2010.12 (2010): CD007769.
Lee, Myeong Soo, et al. “Effects of Maca (Lepidium meyenii) on sexual function in postmenopausal women: a double-blind randomized placebo-controlled trial.” Menopause 15.6 (2008): 1157-1162.
Rotem, Chen, et al. “An open-label study to evaluate the effects of a standardized extract of Vitex agnus-castus on symptoms of premenstrual syndrome.” Journal of Women’s Health 16.5 (2007): 662-667.
Wuttke, Wolfgang, et al. “A review of the efficacy and safety of black cohosh (Cimicifuga racemosa) for the treatment of menopausal symptoms.” Journal of Women’s Health 12.8 (2003): 758-767.