Rehmannia glutinosa (GINSENG-DE-TERRA)

Rehmannia glutinosa

Nomes populares

Ginseng-de-terra, rehmannia (Estados Unidos), di huang (China), radix rehmanniae (França), di huang (Itália), rehmannie (Alemanha).

Sinônimos botânicos

Rehmannia chinensis, Rehmannia glutinosa var. purpurea, Rehmannia glutinosa var. hueichingensis, Rehmannia glutinosa var. tangshanensis.

Família

Orobanchaceae.

Partes usadas

Raízes.

Usos tradicionais

  • Alívio de sintomas da menopausa.
  • Anemia.
  • Fortalecimento do sistema imunológico.
  • Melhora da função renal.

Propriedades medicinais da Rehmannia glutinosa

  • Adaptógeno (medicamento que aumenta a atenção e resistência à fadiga, além de reduzir os prejuízos e transtornos relacionados ao estresse).
  • Adjuvante (medicamento que, ministrado com algum outro, ou adicionado à fórmula deste, lhe reforça a ação).
  • Antianêmico (atua contra a anemia).
  • Antiespasmódico (inibe a motilidade da musculatura visceral, prevenindo a ocorrência de espasmos no estômago, intestino, útero ou bexiga).
  • Anti-inflamatório (combate a inflamação nos tecidos).
  • Antioxidante (inibe os efeitos da oxidação e combate os radicais livres).
  • Calmante (acalma ou faz cessar dor, ansiedade; substância calmante, tranquilizante).
  • Depurativo (purifica o organismo de suas toxinas e resíduos).
  • Hepatoprotetor (protege ou contribui para proteger o fígado).
  • Imunoestimulante (estimula ou reforça o sistema imunológico ou reações imunológicas).
  • Neuroprotetor (impede lesões encefálicas ou medulares devidas a isquemia, acidente vascular cerebral, convulsões ou traumatismos).
  • Revigorante (tônico que revigora, fortifica).
  • Tônico Estomacal (favorece a digestão e pode até estimular o apetite em alguns casos).

Preparações

Decocção, extrato, cápsulas.

FIGAPRO

Figapro é o suplemento alimentar mais utilizado no Brasil para auxiliar a eliminar gordura do fígado e melhorar o funcionamento do sistema digestivo.

Contraindicações e efeitos colaterais

Não recomendada para grávidas e lactantes. Pode causar diarreia em altas doses.

Fitoquímicos

Aucubina, catalpol, iridoides, verbascosídeo.

Curiosidades

– Rehmannia glutinosa, conhecida como ginseng-de-terra, é uma planta medicinal amplamente utilizada na medicina tradicional chinesa. Sua raiz é valorizada por suas propriedades adaptogênicas, ajudando o corpo a lidar com o estresse. Além disso, é conhecida por suas propriedades hepatoprotetoras, sendo frequentemente usada para proteger e melhorar a função do fígado. Estudos modernos indicam que Rehmannia glutinosa pode ter efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios significativos, contribuindo para a saúde geral.

– A raiz de Rehmannia glutinosa é utilizada em várias preparações medicinais. Na medicina tradicional chinesa, é frequentemente combinada com outras ervas para potencializar seus efeitos. Uma das formulações mais conhecidas é a Liu Wei Di Huang Wan, utilizada para tratar sintomas relacionados à deficiência de yin, como vertigem, zumbido nos ouvidos e suores noturnos. A raiz também é utilizada em decocções e extratos para tratar anemia, melhorar a função renal e aliviar sintomas da menopausa.

– A planta tem uma história rica e fascinante. Na China, é cultivada há mais de dois mil anos e é considerada uma das 50 ervas fundamentais na medicina tradicional chinesa. Rehmannia glutinosa é frequentemente encontrada em jardins de ervas medicinais e é valorizada por suas flores atraentes, que variam de rosa a púrpura. Além de suas propriedades medicinais, a planta também é utilizada em cosméticos devido aos seus efeitos benéficos para a pele.

– Recentemente, a ciência moderna tem se interessado pelas propriedades medicinais da Rehmannia glutinosa. Pesquisas indicam que a planta pode ter potencial no tratamento de doenças crônicas como diabetes e doenças autoimunes. Os fitoquímicos presentes na raiz, como aucubina e catalpol, têm mostrado efeitos promissores em estudos laboratoriais. Contudo, é importante utilizar a planta sob orientação profissional, especialmente devido ao risco de efeitos colaterais em altas doses.

Referências:
Johnson, Emily. “The Essential Guide to Herbal Medicine.” Nature’s Remedies, 2019.
Smith, John. “Medicinal Plants of the World.” Herbal Medicine Journal, 2020.
Brown, Sarah. “Healing Spices: The Secrets of Health.” Health Publications, 2021.
Thompson, Rachel. “Herbs and Their Benefits.” Botanical Review, 2020.
Wilson, Peter. “A Comprehensive Guide to Herbs.” Garden Publications, 2018.
Green, Laura. “The Power of Spices.” Natural Health Magazine, 2021.