Guáiaco (guaiacum): benefícios e propriedades medicinais

O guaiáco (Guaiacum officinale) é uma planta medicinal também conhecida como guaiacum, guiacum, madeira-de-guaiaco, pau-santo e guyacán-negro (espanhol) e lignum-vitae (inglês), dentre outros nomes populares. Pertence à família Zygophyllaceae.

Benefícios do guáiaco

O guáiaco é usado tradicionalmente para catarro, artrite, dor de dente, gota, dor de garganta, herpes, reumatismo, inchaço e sífilis. Na medicina herbal, as folhas são excelentes remédios alternativos para a hipertensão arterial, asma, epilepsia e reumatismo. O chá também é usado para lavar os olhos e fortalecer os olhos. A casca interna da árvore pode ser transformada em uma preparação oleosa para ser aplicada em entorses e dores de reumatismo e artrite. Também é utilizado interna e externamente para melhorar a circulação.

Muitas pessoas usam os ramos para afastar moscas pendurando-os na cozinha ou colocando o guáiaco dentro dos armários. As flores são usadas para tratar asma, resfriados, gripe, tosse, tuberculose e outras condições respiratórias, inclusive congestionamento mucoso. É possível ainda usar o guáiaco em forma de pastilha para aliviar dores de garganta ou então em forma de resina usada para preservar objetos e superfícies. A madeira contém um alto teor de óleo e a madeira em pó pode até ser colocada em uma cavidade alguns dias antes da extração do dente, amenizando a dor de dente. O Guaiacum officinale é composto de óleo volátil, resinas, ligninas e saponinas triterpênicas.

Sucupira Sucupira em Cápsulas Alivia dores de artrite/reumatismo e controla o diabetes
Anti-Inflamatórios Naturais Anti-Inflamatórios Naturais Suplementos eficazes para aliviar e curar inflamações nos tecidos.
Melatonina MelatoninaDurma melhor e com mais qualidade. Adquira o hormônio do sono.
Antidiabéticos Insulinas VegetaisAntidiabéticos que agem como hipoglicemiantes e insulinas vegetais
Maca-Peruana Maca-Peruana em Cápsulas Rica em nutrientes. Aumenta a libido, desejo sexual e vigor.

Contraindicações e efeitos colaterais do guáiaco

Apesar de não ter nenhuma toxidade conhecida, pessoas alérgicas, hipersensíveis e com doenças inflamatórias agudas devem evitar o guáiaco. Gestantes, lactantes e paciente com cálculos renais não devem fazer uso. O uso excessivo pode resultar em gastroenterite, diarreia e cólica intestinal. Pode causar reações alérgicas, como estanqueidade na garganta ou no tórax, problemas respiratórios, urticária, pele inchada, erupção cutânea e dor torácica.

História e curiosidades

O Guaiacum spp. é nativo das Índias Ocidentais e da costa norte da América do Sul, abrangendo desde Florida Key’s (Estados Unidos) até Honduras, Panamá e Venezuela. Os exploradores espanhóis descobriram esta árvore no século XVI nas Bahamas e adotaram o nome de uma das línguas indígenas. A árvore atinge cerca de 30 metros de altura e sua madeira é altamente valorizada, vez que é extremamente densa e durável, afundando ao cair na água.

É considerada umas das madeiras de maior dificuldade de extração da floresta e foi utilizada como matéria-prima para fabricação de navios e outras construções de madeira que requerem força, durabilidade e dureza. Também pode ser usado para fabricar móveis requintados e outras peças de arte. A flor é o símbolo nacional da Jamaica, país onde é considerado uma das espécies mais importantes.

ATIVADOR SEXUAL FEMININO PREMIUM Vênus Mulher
ANTISSÉPTICO / ALIVIA DORES / INFECÇÕES Óleo de Copaíba (Solução de 30ml)
ALOE VERA (BABOSA) ORGÂNICA LIOFILIZADA Aloe vera Orgânica em Cápsulas
COMPOSTO NATURAL COM FITOESTROGÊNIO Isoflavona 500mg
ATUA EM MAIS DE 50 CONDIÇÕES DE SAÚDE Óleo de Copaíba em Cápsulas
Referências:
Duwiejua, M., et al. “Anti‐inflammatory Activity of Polygonum bistorta, Guaiacum officinale and Hamamelis virginiana in Rats.” Journal of pharmacy and pharmacology 46.4 (1994): 286-290.
Ahmad, Viqar Uddin, Nasreen Bano, and Bano Shaheen. “A saponin from the stem bark of Guaiacum officinale.” Phytochemistry 25.4 (1986): 951-952.

Comentários

Comentar