Extrato de cártamo para cabelos e pele

Cártamo - Carthamus tinctorius

Conheça as propriedades do extrato de cártamo (óleo de cártamo) para o fortalecimento e recuperação dos cabelos e pele, incluindo ação contra doenças de pele.

Atualizado em 03/07/2022

A maioria das pessoas acredita que cremes hidratantes caros são necessários para que se tenha uma pele bonita e saudável, contudo, essa não é a regra. Vários cremes podem causar irritação na pele e erupções cutâneas, sendo que existem várias alternativas naturais que não apresentam tais efeitos colaterais. O extrato de cártamo é utilizado com muita eficácia para evitar a queda e fortalecer cabelos, além de tratar feridas e prevenir contra doenças de pele.

Benefícios do extrato de cártamo para a pele

O óleo de cártamo é um excelente remédio natural para o cuidado da pele, vez que é uma alternativa botânica aos emolientes sintéticos e contém propriedades lubrificantes que estimulam a pele a reter a água e umidade. O extrato do óleo de cártamo é um hidratante ideal para peles sensíveis e ressecadas e, devido ao seu alto teor de acido linoleico, um acido graxo ômega 6 rico em vitaminas essenciais, possui inúmeras propriedades medicinais hidratantes, tanto para peles normais, quanto para peles secas. Enquanto o óleo mineral e a lanolina podem irritar a pele, o óleo de cártamo é menos agravante para a pele. É também uma das melhores e mais baratas fontes de ácido linoleico, que pode ser uma arma na prevenção da acne.

O óleo de cártamo evita o ressecamento e aspereza da pele e remove a sujeira e a oleosidade. A composição do óleo de cártamo o torna uma boa opção no tratamento natural para acne, eczema e psoríase. Suas propriedades hidratantes fornecem a pele um brilho saudável, promovem a elasticidade e reduzem o aparecimento de rugas.

Crescimento e fortalecimento dos cabelos

As flores de cártamo têm sido tradicionalmente usadas para promover o crescimento do cabelo. Um estudo examinou o potencial do óleo de cártamo no crescimento do cabelo, tanto in vitro como in vivo. O extrato etanólico do cártamo promoveu a proliferação de células da papila dérmica e estimulou significativamente genes promotores de crescimento capilar, incluindo o fator de crescimento endotelial vascular e fator de crescimento de queratinócitos. Em contraste, suprimiu a expressão do fator de crescimento transformador β1, que é o gene relacionado à queda de cabelo. Além disso, o tratamento com cártamo resultou em um aumento significativo no comprimento dos folículos pilosos cultivados e estimulou o crescimento do cabelo com efeitos locais em camundongos. Os resultados forneceram os dados pré-clínicos para apoiar o uso potencial do cártamo como agente promotor do crescimento capilar.

Propriedades antioxidantes e antimicrobianas

A infecção de lesões cutâneas por cepas microbianas patogênicas geralmente está associada, se não tratada, a um estado de estresse oxidativo duradouro no leito da ferida, atraso no processo de cicatrização e até cronicidade da ferida com várias complicações para a saúde humana. O óleo de cártamo (Carthamus tinctorius L.) extraído de sementes por prensagem a frio, foi testado cientificamente com o objetivo de verificar se era eficaz no auxílio do tratamento de feridas na pele, incluindo sua capacidade antioxidante. As atividades antimicrobianas do óleo de cártamo foram testadas contra 10 microrganismos patogênicos da pele: 4 cepas bacterianas (Escherichia coli, Enterobacter cloacae, Staphylococcus aureus e Streptococcus agalactiae), 3 cepas de espécies de leveduras (Candida albicans, Candida parapsilosis e Candida sake) e 3 espécies de fungos (Aspergillus niger, Penicillium digitatum e Fusarium oxysporum). Uma notável capacidade antioxidante foi demonstrada para o óleo testado que exibiu, além disso, altos efeitos antibacterianos por vias bacteriostáticas e bactericidas, incluindo atividade de lisozima. Um efeito antifúngico foi ainda observado na germinação do esporo. A conclusão é de que o óleo de cártamo pode ser considerado um bom remédio alternativo natural no manejo de feridas na pele e suas possíveis infecções microbianas.

Cártamo: ingrediente seguro em cosméticos

O Cosmetic Ingredient Review Expert Panel, fundado em 1976 pela associação comercial da indústria de cosméticos, higiene pessoal e perfumaria dos EUA, com o apoio da FDA (Food and Drug Administration), considera o óleo de cártamo como um ingrediente seguro em produtos cosméticos, isento de efeitos colaterais, tais como irritação na pele. Contudo, em caso de condições de pele existentes, um dermatologista deve ser consultado.

Referências:
Cosmetic Ingredient Review
Khémiri, Ikram, et al. “Antioxidant and antimicrobial potentials of seed oil from Carthamus tinctorius L. in the management of skin injuries.” Oxidative Medicine and Cellular Longevity 2020 (2020).
Junlatat, Jintana, and Bungorn Sripanidkulchai. “Hair Growth‐Promoting Effect of Carthamus tinctorius Floret Extract.” Phytotherapy research 28.7 (2014): 1030-1036.