Quitosana: benefícios para a saúde

A quitosana consiste em uma substância fibrosa derivada da quitina. Extraída da casca de crustáceos, tais como o camarão, a lagosta e caranguejos, a quitosana é amplamente utilizada na indústria farmacêutica como um agente de preenchimento de comprimidos, como forma de melhorar a dissolução de determinados medicamentos e para camuflar os sabores amargos em medicamentos via oral. Contudo, possui inúmeros outros benefícios. Conheça alguns deles.

Redução do colesterol

A quitosana não é uma substância digerível, sendo, portanto, capaz de se locomover no aparelho gastrointestinal sem ser absorvida pelo organismo. Por essa razão, é amplamente consumida como auxiliar na redução de peso e nos níveis de colesterol. De acordo com pesquisadores da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, a quitosana possui um benefício potencial adicional que a maioria dos outros tipos de fibra não possui: quando está se movendo através dos intestinos, é capaz de se conectar a uma pequena quantidade de gordura e impedir que o organismo a absorva.

Benefícios da quitosana para perda de peso

A eficácia da quitosana em pessoas com sobrepeso e obesidade foi avaliada em uma série de estudos publicados pelo Cochrane Database of Systematic Reviews, em 2008. Foram quinze estudos realizados em 1.219 participantes. Após a análise, foi detectado que os participantes que consumiram quitosana obtiveram significativa perda de peso, redução total do colesterol e diminuição da pressão arterial em comparação com os participantes que consumiram o placebo.

Benefícios para diabéticos

Em 2003, um estudo publicado no Journal of Medicinal Food revelou que a quitosana possui potencial para combater o diabetes tipo 2, além de corrigir os níveis anormais de lipídios no sangue.

Benefícios a portadores da Doença de Crohn

Além da obesidade e do colesterol elevado, a quitosana também traz benefícios para os indivíduos portadores da doença de Crohn, uma inflamação do aparelho digestivo capaz de se manifestar em qualquer parte do trato intestinal e acomete principalmente o íleo e o cólon.

Auxilia no tratamento da insuficiência renal

Também é utilizada como auxiliar no tratamento de complicações decorrentes de insuficiência renal em pacientes que realizam diálise. Frequentemente, estes pacientes relatam efeitos colaterais como o colesterol alto, anemia, fraqueza, perda de apetite e insônia. Com suas propriedades, fornece auxílio quanto ao colesterol alto e a perda de apetite.

Melhora a saúde dental e combate a periodontite

Algumas pessoas também utilizam a quitosana no tratamento da periodontite, inflamação que acomete as gengivas e pode ocasionar a perda dos dentes. Chicletes constituídos de quitosana também são comercializados com o intuito de combater as cáries dentárias.

Contraindicações e efeitos colaterais da quitosana

Por se tratar de uma fibra que age impedindo a absorção de gorduras pelo corpo, pode impedir a absorção de nutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo e ocasionar complicações gastrointestinais. Por essa razão, não é recomendado o consumo por gestantes, lactantes e crianças menores de 3 anos.

Referências:
Bioavailability enhancers of herbal origin: An overview. US National Library of Medicine. National Institutes of Health.
Obesity. University of Maryland Medical Center (UMMC).
What is Chitosan used for? Livestrong.
Chitosan. WebMD.
Doença de Crohn. Einstein Saúde.

Comentários

Comentar