Soja: saiba para que serve e benefícios

Soja - Glycine max

Conheça os benefícios, efeitos colaterais, indicações e propriedades medicinais e nutricionais da soja (Glycine max) e seus subprodutos (leite de soja).

Atualizado em 21/09/2022

A soja (Glycine max) é uma planta também conhecida como feijão-da-China, soya (espanhol), soy e soyabean (inglês), sojabohne (alemão), dentre outros nomes populares. O nome popular faz referência à espécie Glycine soja. Já a espécie consumida amplamente é a Glycine max, uma estirpe selecionada, de qualidade superior, com maior teor de óleos e proteínas. A soja faz parte da família Fabaceae.

Benefícios da soja

Além de ser um alimento nutritivo e rico em proteínas de fácil digestão, a soja pode auxiliar em dietas para perda de peso, redução de gordura e colesterol ruim e até mesmo prevenção do câncer e de várias outras doenças. A sua proteína pode ser utilizada como suplemento natural para a recuperação muscular. Pode prevenir ou retardar doenças que vêm com a idade avançada, incluindo certas formas de câncer, mal de Alzheimer e várias formas de doenças do coração, incluindo ataques cardíacos e derrames. Previne cancros hormonais, incluindo os bexiga, cólon, mama e próstata.

Acredita-se que o pó de proteína de soja pode contribuir para cortar os sintomas da menopausa nas mulheres e pesquisas tentam concluir se ela é capaz de proteger contra a osteoporose. Os antioxidantes combatem a formação de placas nos vasos sanguíneos, responsáveis por obstruir as vias e causar derrames e ataques cardíacos. Além disso, os antioxidantes encontrados no tecido da planta podem reduzir os sintomas da artrite.

Proteínas completas e aminoácidos essenciais

É um alimento que contém quantidades mínimas de gordura e colesterol, sendo rica em proteínas de fácil digestão. Os produtos à base de soja costumam ser ricos em antioxidantes e aminoácidos importantes, sendo muitas vezes apontados em estudos como responsáveis na prevenção de certas formas de câncer. As isoflavonas daidzeína e genisteína são encontradas em abundância. É um alimento conhecido como possuidor “proteínas completas”, ou seja, quaisquer aminoácidos que o corpo é incapaz de produzir por conta própria são encontrados no vegetal.

O corpo necessita de 20 aminoácidos para se sustentar, mas apenas 11 destes são produzidos naturalmente dentro do corpo. Os outros nove são encontrados em dietas. A soja é a única fonte vegetal que contém todos esses nove aminoácidos.

Subprodutos

A Glycine max é base para diversos produtos, incluindo o leite de soja, o tofu, o miso e o molho tamari (tradicional na cozinha da Indonésia e outros países do Oriente), além de outros alimentos consumidos por todo o mundo. A Glycine max faz parte da Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao SUS (RENISUS), constituída de espécies vegetais com potencial de avançar nas etapas da cadeia produtiva e de gerar produtos de interesse do Ministério da Saúde do Brasil.

FIGAPRO

Figapro é o suplemento alimentar mais utilizado no Brasil para auxiliar a eliminar gordura do fígado e melhorar o funcionamento do sistema digestivo.

Leite de soja

Leite de soja

Leite de soja

O leite de soja é uma alternativa popular entre os laticínios no Ocidente, além de ser uma bebida tradicional na China, Japão e outras regiões da Ásia. O leite é obtido a partir de grãos de soja que são mantidos de molho em água durante muitas horas, sendo triturados e aquecidos logo em seguida. É um produto que pode facilmente substituir o leite de vaca, vez que possui todas as propriedades, além de trazer uma composição importante de vitaminas, cálcio e gordura vegetal. A soja contém isoflavonas naturais, conhecidos como estrógenos, que proporcionam muitos benefícios à saúde da mulher.

O leite de soja possui todo o valor nutricional do leite de vaca (incluindo cálcio) sem os antibióticos, hormônios, gordura, colesterol, excesso de proteínas, ou ligações com diabetes e outras doenças.

Vários estudos indicam que a ingestão regular de alimentos de soja, como o leite de soja, podem ajudar a prevenir câncer de hormônios relacionados, tais como câncer de mama, câncer de próstata e câncer de cólon. A partir da pasta e do leite, um grande número de produtos pode ser preparado, incluindo queijos, almôndegas, pudim, sorvete, patê, iogurte, kefir, cremes diversos, chocolate, sopa, bife, maionese, biscoitos e pães.

Proteína do leite de soja

O leite de soja é rico em proteína de soja, considerada de alta qualidade, vez que contém todos os aminoácidos essenciais. Os aminoácidos de soja combinam muito bem com os aminoácidos dos cereais. Os derivados de soja são uma boa fonte de lecitina e vitamina E, um antioxidante natural. O consumo da proteína da soja ajuda a reduzir os níveis de colesterol e diminuir a incidência de aterosclerose. A soja também tem sido um meio eficaz de gestão da diabetes através da sua capacidade de controlar os níveis de açúcar no sangue.

Além disso, os fitoquímicos encontrados em abundância no leite de soja servem para reduzir o risco de cancro, especialmente as isoflavonas daidzeína e genisteína. Também há evidências de que as isoflavonas em particular, auxiliam na prevenção da osteoporose e redução da perda de cálcio dos ossos. Possui também estrogênio e pode reduzir os efeitos dos sintomas da menopausa.

Contraindicações e efeitos colaterais da soja

Estudos preliminares apontaram que o consumo em excesso pode reduzir o número de espermatozoides e em alguns casos causar ginecomastia.

Referências:
Zakir, Mayara Miranda, and Irene Rodrigues Freitas. “Benefícios à saúde humana do consumo de isoflavonas presentes em produtos derivados da soja.” Journal of bioenergy and food science 2.3 (2015).
Ponnusha, Babu Shankar, Sathiyamoorthy Subramaniyam, and Palanisamy Pasupathi. “Antioxidant and Antimicrobial properties of Glycine Max-A review.” Int J Cur Bio Med Sci. 1.2 (2011): 49-62.
Chaleshtori, Seyede Asma Hosseini, Mehrdad Ataie Kachoie, and Seyed Mojtaba Hashemi Jazi. “Antibacterial effects of the methanolic extract of Glycine Max (Soybean).” Microbiology Research 8.2 (2017): 7319.
Amol, Velhal, and Kirti R. Bhati. “Nutritive Benefits of Soybean (Glycine max).” Indian Journal of Nutrition and Dietetics 58.4 (2021): 522.
Rosa, Alessandra Menegazzo, et al. “Alimentos fermentados à base de soja (Glycine max (Merrill) L.): importância econômica, impacto na saúde e efeitos associados às isoflavonas e seus açúcares.” Revista Brasileira de Biociências 7.4 (2009).