Lactobacillus: conheça os benefícios

Lactobacillus

Descubra os benefícios dos Lactobacillus para a saúde digestiva, imunológica e mental, e como usar essas bactérias de forma segura e eficaz. Aprenda mais!

04/07/2024

Lactobacillus é um gênero de bactérias Gram-positivas, conhecidas por converterem lactose em ácido lático através da fermentação. Estas bactérias fazem parte das bactérias do ácido lático (LAB), produzindo ácido lático como principal produto metabólico. Este gênero inclui mais de 100 espécies, comumente encontradas no sistema digestivo humano e em alimentos fermentados.

Benefícios dos Lactobacillus

Historicamente, Lactobacillus tem sido utilizado na produção de alimentos fermentados, como iogurte, queijo, chucrute, kimchi, cerveja e vinho. A fermentação não só melhora a conservação dos alimentos, mas também enriquece seu valor nutricional, aumentando a disponibilidade de vitaminas e minerais e promovendo uma digestão mais fácil.

Os Lactobacillus oferecem inúmeros benefícios à saúde, desde a manutenção de um sistema digestivo equilibrado até a promoção de um sistema imunológico robusto. Seu uso em alimentos fermentados e suplementos probióticos é uma prática antiga, respaldada por pesquisas científicas que continuam a explorar seu potencial terapêutico.

Digestão e Flora intestinal

Os lactobacillus desempenha um papel crucial na manutenção de uma flora intestinal saudável. Essas bactérias ajudam a equilibrar o microbioma intestinal, competindo com microorganismos patogênicos e inibindo seu crescimento através da produção de ácido lático. Além disso, promovem a digestão eficiente e a absorção de nutrientes, contribuindo para a saúde geral do sistema digestivo.

Pacientes com condições digestivas, como doença de Crohn e síndrome do intestino irritável (SII), podem se beneficiar do uso de Lactobacillus. Estas bactérias ajudam a reduzir a inflamação intestinal, melhorar a barreira intestinal e restaurar o equilíbrio do microbioma, aliviando sintomas como diarreia, dor abdominal e inchaço.

Imunidade

O consumo de Lactobacillus pode fortalecer o sistema imunológico. As bactérias estimulam a produção de células imunológicas e modulam a resposta imune, ajudando o corpo a combater infecções. Estudos indicam que probióticos contendo Lactobacillus podem reduzir a duração e a gravidade de resfriados e outras infecções respiratórias.

Saúde cardiovascular

Os Lactobacillus pode também beneficiar a saúde cardiovascular. Estudos mostram que essas bactérias podem reduzir níveis de colesterol LDL e pressão arterial, diminuindo o risco de doenças cardíacas. A produção de ácidos graxos de cadeia curta durante a fermentação ajuda a regular o metabolismo lipídico, promovendo um perfil lipídico mais saudável.

FIGAPRO

Figapro é o suplemento alimentar mais utilizado no Brasil para auxiliar a eliminar gordura do fígado e melhorar o funcionamento do sistema digestivo.

Saúde da mulher

O sistema genital feminino também se beneficia da presença de Lactobacillus. Essas bactérias ajudam a manter um ambiente ácido na vagina, o que previne infecções causadas por patógenos como fungos e bactérias nocivas. O uso de probióticos contendo Lactobacillus pode reduzir a incidência de infecções vaginais, promovendo um microbioma genital equilibrado e saudável.

Saúde mental

Curiosamente, Lactobacillus pode influenciar a saúde mental. Pesquisas sugerem que essas bactérias podem afetar o eixo intestino-cérebro, melhorando o humor e reduzindo sintomas de ansiedade e depressão. Probióticos com Lactobacillus têm sido estudados como uma abordagem complementar para transtornos mentais, oferecendo uma alternativa natural e potencialmente eficaz.

Contraindicações e efeitos colaterais

Embora Lactobacillus seja geralmente seguro, alguns efeitos colaterais podem ocorrer. O uso excessivo pode causar gases, desconforto digestivo e inchaço. Pessoas com sistemas imunológicos comprometidos ou condições médicas graves devem consultar um profissional de saúde antes de usar probióticos, pois há um risco teórico de infecções.

As bactérias também podem interagir com certos alimentos e medicamentos. Álcool e antibióticos podem ser tóxicos para essas bactérias, reduzindo sua eficácia. Tomar probióticos com antiácidos pode aumentar a eficácia, criando um ambiente mais favorável para seu crescimento. Alimentos como alho, bananas e cebolas também promovem o crescimento dessas bactérias benéficas.

Referências
Cummings, J. H., & Macfarlane, G. T. “Role of intestinal bacteria in nutrient metabolism.” Journal of Parenteral and Enteral Nutrition, 1997.
Fuller, R. “Probiotics in human medicine.” Gut, 1991.
Hammes, W. P., & Hertel, C. “The genera Lactobacillus and Carnobacterium.” Springer, 2009.
Salminen, S., & von Wright, A. “Lactic Acid Bacteria: Microbiological and Functional Aspects.” CRC Press, 1998.
Sanders, M. E. “Probiotics and prebiotics: scientific aspects.” Global Advances in Health and Medicine, 2013.